Cinema e vanguarda: a arte dos cartazes soviéticos
nov12

Cinema e vanguarda: a arte dos cartazes soviéticos

Na década de 1920, o cinema prosperou na União Soviética e os longas inovadores em preto e branco contavam com cartazes coloridos e ousados, criados por uma geração de artistas gráficos. Cartaz do filme  “Three Million case”, dos irmãos Stenberg, de 1926.  Um destes artistas gráficos era Aleksandr Naumov, que, como muitos de seus colegas, criou capas de livros, cenários de teatro e até interiores. Ele morreu aos 29 anos,...

Leia mais
Produção audiovisual para o público infantil terá incentivo de R$ 33 milhões
nov09

Produção audiovisual para o público infantil terá incentivo de R$ 33 milhões

A geração de produtos audiovisuais inovadores para a infância receberá o incentivo de R$ 33 milhões do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA). Os repasses serão distribuídos aos produtores e realizadores por meio de quatro editais que serão lançados, em dezembro, pelo Ministério da Cultura. As seleções vão abranger curtas-metragens, animações, microsséries e até jogos digitais. A ideia é fomentar o desenvolvimento de produtos de...

Leia mais
A Moça do Calendário, o futuro é mulher
nov07

A Moça do Calendário, o futuro é mulher

A partir de um roteiro escrito em 1987 por Rogério Sganzerla, inspirado por sua vez em contos de Luís Antonio Martins Mendes, a atriz e diretora helena Ignez fez de A Moça do Calendário seu filme mais orgânico e maduro, com uma pungente atualidade. Por José Geraldo Couto O protagonista é o “mecânico e dublê de dançarino” Inácio (André Guerreiro Lopes, extraordinário), que a narradora (a própria Helena Ignez) nos conta, em off, ter...

Leia mais
VALE ESTE – Festival de Cinema no ParkShoppingCampoGrande RJ
out10

VALE ESTE – Festival de Cinema no ParkShoppingCampoGrande RJ

  RIO DE JANEIRO –  O maior festival de cinema da Zona Oeste acontecerá de 11 a 15 de outubro e espera 20 mil pessoas, em cinco dias de evento, no ParkShoppingCampoGrande. Para exibir grandes sucessos da indústria cinematográfica, o shopping disponibilizou uma área de 3.600 m2, incluindo um gramado sintético com pufes e espreguiçadeiras, praça de alimentação com 400 lugares, food e beer trucks, e um telão de 112 m2 com...

Leia mais
Brasília e o cinema proletário
set27

Brasília e o cinema proletário

Houve choro e ranger de dentes no 50º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, sobretudo nos debates dos filmes, em que afloraram com força desmedida demandas reprimidas durante séculos: dos negros, das mulheres, dos homossexuais. Por José Geraldo Couto* Talvez seja um desbordamento inevitável – e saudável –, mas o fato é que o cinema ficou muitas vezes em segundo plano nessas discussões permeadas por expressões como “lugar de...

Leia mais