Homens escritores usam mais “ele” do que autoras mulheres?
fev04

Homens escritores usam mais “ele” do que autoras mulheres?

As regras da escrita de Hemingway explodiram a ideia de que advérbios poluem o texto. Mas será que ele também seguia essa regra? Essa e outras perguntas que usam a linguagem para criar perfis de escrita são o tema de A palavra favorita de Nabokov é malva (tradução livre), de Ben Blatt. Por Clarissa Wolff Em suas análises ele descobriu, por exemplo, que em cada 100.000 palavras de seus livros, Hemingway usava apenas 80 advérbios...

Leia mais
Elisa Lucinda: Coisa de branco, até quando?
nov13

Elisa Lucinda: Coisa de branco, até quando?

Escroto, consciente, ativo, legitimado, estrutural, septicêmico em todos os órgãos da nação, o racismo de William Waack não é só dele. Essa é a pior notícia. “Coisa de preto” é subtexto corrente na mente de grande parte de uma sociedade criada sob os parâmetros da Casa Grande. Por Elisa Lucinda O diabólico plano que começou com tráfico, tortura e assassinato do povo negro e que durou quatrocentos anos, é mais nefasto e homicida do que...

Leia mais
150 anos: obra “O capital” ainda traz luzes para o presente e o futuro
set21

150 anos: obra “O capital” ainda traz luzes para o presente e o futuro

Ao completar 150 anos, o livro “O Capital”, de Karl Marx, parece mais atual do que nunca. É neste contexto de dificuldade no plano mundial, e de um Brasil que vive uma de suas piores crises econômicas e política, que se insere o seminário “O Capital 150 anos”, realizado em Porto Alegre. Por Clomar Porto para o Portal Vermelho Iniciado nesta segunda-feira (18), prosseguirá nos dias 21, 25 e 27 de setembro,...

Leia mais
Carlos Drummond de Andrade, da província para o vasto mundo
ago18

Carlos Drummond de Andrade, da província para o vasto mundo

Três décadas após a morte de Carlos Drummond de Andrade, a relação conflituosa do poeta com Belo Horizonte e a influência da jovem capital mineira na construção da sua obra ainda instigam pesquisadores. O calendário data o ano de 1929. Belo Horizonte, a cidade símbolo da República brasileira, ganha um novo elemento: o viaduto Santa Tereza passa a integrar a paisagem urbana da capital de Minas Gerais. No cotidiano descer a rua da...

Leia mais
Aldo Rebelo: Capistrano de Abreu
ago14

Aldo Rebelo: Capistrano de Abreu

A moderna historiografia brasileira nasce com a obra e a trajetória do cearense João Capistrano Honório de Abreu e seu livro Capítulos de História Colonial (1500-1800), publicado em 1907. Capistrano e sua atividade de historiador impõem-se até hoje como referência obrigatória para quem se aventura, por interesse ou paixão, no universo da história do Brasil.   Capistrano teve precursores; comerciantes, viajantes ou amadores que...

Leia mais