Estamos quase lá – vaquinha para salvar Sociedade 13 de Maio

 

O prazo estabelecido para angariar o montante total da dívida expira nesta sexta-feira, 24 de novembro.

Grupos engajados no Movimento Negro, membros do Fórum Permanente de Cultura do Paraná, colaboradores do Portal Brasil Cultura e outros defensores uniram forças para lançar uma campanha online de arrecadação de fundos com o objetivo urgente de salvar o emblemático prédio da Sociedade Treze de Maio, localizado em Curitiba, que está ameaçado de leilão devido a dívidas pendentes.

. É possível doar online, para isso basta clicar aqui.

 

O prazo crucial para angariar o montante total da dívida expira nesta sexta-feira, 24 de novembro. Até o momento, cerca de 20% da quantia necessária já foi alcançada, mas o desafio persiste. A Sociedade Treze de Maio, considerada o clube operário negro mais antigo de Curitiba, tem raízes que remontam a 1888, logo após a abolição da escravidão. Localizado na rua Desembargador Clotário Portugal, o prédio, estimado em mais de R$ 1 milhão, enfrenta o risco iminente de leilão devido a uma dívida de pouco mais de R$ 87 mil.

Além de seu valor histórico, a Treze de Maio é um espaço crucial para a resistência da cultura afrocuritibana, servindo como ponto de encontro vital para artistas negros e pessoas não-negras comprometidas com a luta antirracista. O esforço coletivo visa preservar não apenas um edifício, mas um símbolo fundamental da herança cultural e da luta contra a discriminação racial na região.

Compartilhar:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


2 × 1 =