“Terezas” traça linha sutil pela biografia e pelo romance
set16

“Terezas” traça linha sutil pela biografia e pelo romance

O primeiro romance de Inácio França não é exatamente biografia, também não é 100% ficção. A escrita de “Terezas”, sobre a vida da artista visual Tereza Costa Rêgo, é baseada em observação, leitura de documentos históricos, entrevistas, relatos feitos por Tereza e sua filha, além da própria manipulação de Inácio sobre o mecanismo de criação literária. Por Hugo Viana “Quando virei secretário de Comunicação em Olinda, conheci Tereza...

Leia mais
Dez dicas para curtir e manter o hábito de escrever
set13

Dez dicas para curtir e manter o hábito de escrever

“Se lhe ocorrer um argumento brilhante, uma réplica vitoriosa que mude o rumo da conversa, não ceda à tentação de brilhar, mantenha o silêncio; as pessoas finas verão sua inteligência nos seus próprios olhos. Você terá tempo de se mostrar inteligente quando for bispo.” (A cartuxa de Parma, Stendhal)   Lendo Cervantes, Rabelais, Stendhal, Eça de Queirós, sinto-me no mais feliz dos mundos, feito de pessoas que não se levam tão a...

Leia mais
Paulo Freire, uma história de vida
set12

Paulo Freire, uma história de vida

  No ano que se completa 20 anos da morte de Paulo Freire, o educador é homenageado em mais uma obra literária. O livro Paulo Freire, uma história de vida, assinado por Ana Maria Araújo Freire, sua viúva, revisa o texto biográfico publicado em 2005 pela Villa das Letras, e soma a ele fotos, documentos inéditos e um encarte com manuscritos de poemas escritos pelo educador. Críticos falam da originalidade da obra e de seu valor...

Leia mais
“O artista é o perturbador profissional da banalidade”
ago17

“O artista é o perturbador profissional da banalidade”

Em entrevista por e-mail para a Revista Cult, o dramaturgo e jornalista romeno Matéi Visniec, de passagem pelo Rio de Janeiro para o 15º Congresso Internacional da ABRALIC (Associação Brasileira de Literatura Comparada), afirma que o futuro é decidido por um círculo restrito de indivíduos e figuras da globalização Por Alessandra Monterastelli* Segundo o autor, que acabou de lançar no país a peça Migraaantes Ou Tem Gente Demais Nessa...

Leia mais
A literatura é para expurgar a dor do racismo, diz Conceição Evaristo
ago15

A literatura é para expurgar a dor do racismo, diz Conceição Evaristo

Faltava mais de uma hora para começar o evento ”Diálogos Insubmissos de Mulheres Negras” e uma fila enorme já se formava no Largo do Pelourinho, na capital baiana. Conceição Evaristo sequer havia chegado ao anfiteatro e ainda dava seus primeiros passos nas escadarias do casarão histórico do Teatro Sesc-Senac quando começou a ser ovacionada pelos presentes. ”Não gosto de dar autógrafo correndo. Fico preocupada quando...

Leia mais