O último caderno de Saramago

A tradutora e jornalista, Pilar del Río, que foi casada com Saramago, encontra textos inéditos redigidos no ano em que ele recebeu o Nobel. O ano de 1998 começou em Lanzarote com uma tempestade noturna que arrancou as duas oliveiras que José Saramago tinha em sua casinha branca. O escritor terminou dezembro reclinado numa filial da loja de departamentos El Corte Inglés, em Madri, procurando um par de meias. A casual descoberta do...

Leia mais
Livro infantil desperta consciência sobre cidadania e direitos urbanos
jul09

Livro infantil desperta consciência sobre cidadania e direitos urbanos

A jornalista e escritora Manuella Bezerra de Melo acaba lançar uma obra infantil, “Existem sonhos na Rua Amarela”, cujo objetivo é despertar a consciência dos pequenos sobre coletividade, cidadania e direitos urbanos. Um gatinho curioso e um bairro que é um reduto de cidadania e resistência contra a especulação imobiliária serviram de fundo para a obra que é o primeiro livro infantil da de Manuella. Em aproximadamente 30 páginas, o...

Leia mais
João Guimarães Rosa: Homem Humano
jun30

João Guimarães Rosa: Homem Humano

Êh! Fácil não é, nunca foi. Fosse pra ser fácil não valia a pena. Pra ler o mestre Rosa é preciso paciência, tomar gosto devagarinho, ir aprendendo a gostar de pouco em pouco, até quando, sem nem perceber, a gente já tá ali gostando de verdade, não parando mais de acompanhar o mestre.   Por Joan Edesson de Oliveira* Ilustração: Tainan Rocha Liso do Sussuarão – Ilustração: Tainan Rocha Liso do Sussuarão – Ilustração:...

Leia mais
Com inéditos, ocupação traz Antonio Candido “em primeira pessoa”
jun18

Com inéditos, ocupação traz Antonio Candido “em primeira pessoa”

“A luta por direitos humanos abrange a luta por um estado de coisas em que todos possam ter acesso aos diferentes níveis da cultura”, escreveu, em 1988, o crítico literário, sociólogo e professor Antonio Candido (1918 – 2017).   Por Helô D’Angelo André Seiti Estante de livros com seleção de cerca de 7 mil exemplares que Antonio Candido guardou em seu apartamento Estante de livros com seleção de cerca de 7 mil exemplares que...

Leia mais
Ex-catadora de papel mantém biblioteca com 22 mil livros em Belo Horizonte
jun01

Ex-catadora de papel mantém biblioteca com 22 mil livros em Belo Horizonte

Em 1998, a mineira Vanilda de Jesus Pereira sofreu um derrame cerebral. Impossibilitada de retomar o trabalho de babá, passou a recolher papéis nas ruas. Havia um tipo, porém, que não servia à reciclagem: os livros. Hoje seu acervo reúne cerca de 22 mil títulos, disponíveis na Biblioteca Comunitária Graça Rios, que fundou na Vila Paquetá, em Belo Horizonte. Desde muito cedo Vanilda manifestava interesse pela literatura, apesar de ter...

Leia mais