VIVÊNCIAS DE FOLCLORE EM SALA DE AULA NO ENSINO FUNDAMENTAL
ago18

VIVÊNCIAS DE FOLCLORE EM SALA DE AULA NO ENSINO FUNDAMENTAL

Pensar, falar, escrever, pesquisar sobre o folclore é sempre muito prazeroso porque se trata de vivências, antigas ou atuais, compartilhadas ao longo de gerações. Afinal, traduz o pensar, sentir e agir do povo, como definiu Luís da Câmara Cascudo. (1) CLIQUE – TUDO SOBRE FOLCLORE BRASILEIRO AQUI A palavra folclore vem do inglês – folk lore – e foi inventada em 1846, pelo sociólogo Willians Thomes, significando saber (folk) do...

Leia mais

Ouça a Rádio Brasil Cultura pelo seu celular ou tablet via internet.

É simples, rápido e fácil. Rádio Brasil Cultura, sua rádio preferida chegou ao Android. Baixe agora, um aplicativo completo com tudo o que faz da Brasil Cultura o Portal da Cultura Brasileira – mais conhecido do país. Através da ferramenta dos aplicativos para iPhone, celulares com o sistema Android e tablets, é possível ouvir ao vivo a programação da Brasil Cultura em qualquer lugar do mundo. Para acessar a rádio através do...

Leia mais

Bienal Internacional do Livro homenageia o desenhista Maurício de Sousa

O desenhista Maurício de Sousa, criador da Turma da Mônica, que completa em outubro deste ano 80 anos de idade, é o homenageado na 17ª Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro, que começa hoje (3) no Riocentro, em Jacarepaguá, zona oeste da cidade. Uma exposição em área de 190 metros quadrados (m²) contará a história de Sousa, que receberá na Bienal o Prêmio José Olympio, do Sindicato Nacional dos Editores de Livros (Snel). Em...

Leia mais

Morreu em Curitiba Inami Custódio Pinto, um dos maiores folcloristas

A cultura paranaense fica mais triste e mais pobre com a morte de seu grande defensor. Faleceu, nesta manhã, em Curitiba aos 83 anos, INAMI CUSTÓDIO PINTO, um dos maiores folcloristas, pesquisadores e compositores que o Brasil já teve a honra de conhecer. Dedicou sua a vida ao registro de tradições culturais, ritmos, danças, músicas e marcas da identidade dos paranaenses. Inami Custódio Pinto, um dos maiores folcloristas,...

Leia mais

Carolina de Jesus publicou ainda o romance Pedaços de Fome

Se por um lado, a obra de Carolina Maria de Jesus (1914-1977) é esquecida pelo mercado editorial brasileiro, por outro, coletivos de cultura se esforçam para multiplicar o testemunho de uma das mais importantes autoras negras do país. Em Salvador (BA), um grupo de mulheres negras formou o Coletivo Carolinas para propor atividades de reflexão no ano do centenário da escritora. Em São Paulo, na capital e no interior, raps e saraus de...

Leia mais