A vida em tempos de coronavírus; Alimentos congelados

Como o isolamento social para conter a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) está transformando nosso hábitos e a questão nutricional é importante, o Portal Brasil Cultura apresenta uma maneira de facilitar nossos dias.

Congelar os alimentos é uma ótima opção para consumir comida caseira diariamente. No entanto, para manter o sabor e valor nutricional das receitas é necessário tomar alguns cuidados no processo de congelamento. Veja como congelar os mais comuns no dia a dia.

 

Separe os recipientes corretos

 

Antes de escolher os alimentos a serem congelados separe os recipientes certos.

 

Os recipientes de plástico são resistentes ao congelamento, não podem soltar cheiro e as tampas devem ter fechamento hermético.

As travessas e tigelas refratárias resistem às altas e baixas temperaturas, mas não a choques térmicos. Por isso, tire do forno e deixe esfriar antes de levar ao freezer.

As forminhas de gelo são ótimas para congelar alimentos líquidos ou até verduras e frutas, que depois serão desenformadas e divididas em porções para você fazer sucos e vitaminas.

Já os saquinhos herméticos, próprios para armazenar alimentos, são ótimos para bifes individuais ou frutas picadinhas. Antes de colocá-los no freezer, não se esqueça de retirar o máximo de ar possível, para evitar a proliferação de bactérias. Por isso não é indicado congelar uma quantidade pequena do alimento em uma vasilha muito grande. Uma dica é usar um canudinho e sugar o máximo de ar antes de fechá-lo.

Coloque etiquetas

 

Coloque etiqueta em todos os saquinhos e potes e escreva o que há dentro e a data de congelamento ou preparo. Depois de algumas semanas, você não conseguirá diferenciar o filé mignon do coxão duro. Identifique tudo e fique de olho no prazo de validade.

 

Não congele comida quente

 

Antes de congelar uma preparação, é necessário esperar que ela esfrie primeiro. Assim que isso acontecer, transfira-a para a embalagem, feche bem e leve ao congelador.

 

Cuidado ao congelar alimentos crus

 

Os alimentos crus não podem ser congelados duas vezes. Uma vez descongelados, eles precisam ser cozidos, senão estragam. O que você pode fazer é descongelar a comida crua, cozinhá-la e então congelar o prato pronto.

 

Carnes

 

Para congelar carnes brancas ou vermelhas, o procedimento é sempre o mesmo. Antes de tudo, as carnes devem estar frescas, livre de temperos. O tempero deve ser usado apenas quando a carne for preparada. Congele os filés, separadamente em saquinhos plásticos próprios para irem ao freezer.

 

Hortaliças: Antes de congelar qualquer folha ou legume cru, é importante higienizá-lo corretamente e, de preferência, fatiá-lo e separá-lo em porções. Depois de lavar bem, faça o processo de branqueamento, fervendo o alimento por poucos minutos e, na sequência, passando para a água com gelo pela mesma quantidade de tempo. Essa técnica mata as bactérias e garante a manutenção dos nutrientes. Seque bem e armazene no freezer.

 

Frutas

 

As frutas devem ser congeladas sem casca e caroço, em sacos plásticos. Corte em pedaços para melhorar a acomodação das frutas. A banana e a pêra são as únicas frutas que podem ter o sabor alterado. Outra dica simples é congelar em forma de purê. Amasse as frutas e acomode-as em forminhas de gelo. Esse tipo de congelamento é ideal para quem congela para fazer suco. Deixe-as no freezer por no máximo 1 ano.

 

Arroz e feijão

 

Cozinhe o arroz com menos sal do que o normal, já que depois de descongelado, o sal ganha sabor acentuado. Separe em potes plásticos e cubra com papel alumínio, para evitar que se formem pedrinhas de gelo. Tampe e leve ao congelador. Para o feijão, siga o mesmo procedimento; se estiver temperado, consuma no prazo de uma semana. Sem tempero, você pode deixar congelado por até 1 mês.

 

Faça porções individuais para congelar

 

Congele porções individuais. Isso permite que você use só a quantidade desejada, sem precisar descongelar um monte de comida à toa.

 

Não descongele em cima da pia

 

Não descongele o alimento descoberto em cima da pia, pois isso aumenta o risco de infecção por bactérias.

 

Cozinhe imediatamente após descongelar

 

Após o descongelamento em água ou micro-ondas, o alimento deve ser cozido imediatamente.

 

Use a geladeira no descongelamento

 

Qualquer alimento deve ser descongelado na geladeira. O ideal é tirá-lo do freezer no dia anterior e colocar na prateleira de baixo. Após o desgelo, deve ser cozido requentado em até um dia.

 

Truque para acelerar o descongelamento

 

No entanto, se você não teve tempo de se programar, há um método mais rápido de descongelamento: sem tirá-lo do recipiente, coloque o alimento dentro de uma tigela cheia de água da torneira em temperatura ambiente. Troque a água a cada 30 minutos para evitar que ela fique muito gelada. Não coloque água quente, pois isso pode aquecer a superfície do alimento, iniciando a cocção e favorecendo a proliferação de bactérias.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


5 × cinco =