Festa maranhense: show de Zeca Baleiro marca encerramento do “maior carnaval da história”

Zeca Baleiro encerrou o maior carnaval da história do Maranhão (Foto: Divulgação)

Em 2017, o cantor Zeca Baleiro liderou o primeiro trio de carnaval a se apresentar no até então inédito Circuito Beira-Mar. Naquele ano, o músico maranhense fez história ao dar o ponta pé inicial ao novo corredor da folia de São Luís. Na última terça-feira (25), Baleiro voltou a se apresentar no circuito, dessa vez para encerrar aquele que foi o “maior carnaval da história”, como disse o governador Flávio Dino nas redes sociais.

 

“O maior carnaval da nossa história gerou movimentação econômica de R$ 35 milhões de capital. Ocupação hoteleira de 82%. Tivemos cerca de 700 mil participantes nos 4 circuitos. E mais de 2.500 pessoas trabalhando diretamente. Sobre segurança, nenhum crime violento no circuito”, disse Flávio Dino ao comemorar os números positivos da festa.

 

No show de Baleiro, uma multidão à frente do palco dançou e cantou clássicos do compositor maranhense, como “Salão de Beleza”, “Samba do Aprouch” e “Babylon”.

 

Um dos maiores nomes da cena musical maranhense encerrou o carnaval no mesmo circuito por onde passaram nomes como Margareth Menezes, Maria Rita, Cidade Negra, Duda Beat, Otto, Criolina e Mariana Aydar.

 

Festa maranhense para o mundo

 

 

Zeca Baleiro e Vinaa (Foto: Divulgação)

A diversidade de estilos nos quatro circuitos da folia e durante os cinco dias de festa, não impediram que o Carnaval do Maranhão 2020 fosse uma grande festa maranhense do início ao fim.

 

Além das dezenas de cantores, bandas, músicos e manifestações da terra, como blocos tradicionais, blocos organizados, tribos de índio, blocos afro, grupos de samba, entre outros ritmos locais, Zeca Baleiro fez questão de encerrar a folia dividindo o palco com dois nomes da nova geração música maranhense: Vinaa e Tiago Máci.

 

Precursor da folia em dos cenários mais belos cartões-postais da ‘Ilha do Amor’, Baleiro comemorou o crescimento do carnaval maranhense e a consolidação do Circuito Beira-Mar no roteiro da folia em São Luís.

 

 

“De certa maneira eu fui um dos pioneiros desse circuito, em 2017 abrimos o circuito fazendo o Bloco do Baleiro e que bom que consolidou e cristalizou isso”, disse Baleiro.

 

A festa com todas as cores e sons do Maranhão atraiu turistas do Brasil e do mundo, e as reservas de hotéis tiveram crescimento de 12% no período. O carnaval marcado pela segurança, diversão e alegria, tem ainda outro feito a comemorar: gerou oportunidade e renda para milhares de maranhenses.

 

O Carnaval do Maranhão 2020 foi uma realização do Governo do Estado em parceria com a Prefeitura de São Luís com apoio do Grupo Mateus.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


doze + três =