Camerata homenageia Cemitério São Francisco de Paula no concerto Réquiem de Mozart

Com a execução da grandiosa Réquiem de Mozart, a última e mais famosa obra do compositor, a Camerata Antiqua de Curitiba homenageia os 165 anos do Cemitério São Francisco de Paula. Serão três apresentações no fim de semana do Dia dos Finados, uma união de motivos comandados pelas batutas do regente carioca, Tobias Volkmann e participações de solistas convidados.

As apresentações na Capela Santa Maria, na sexta-feira (1º/11) e sábado (2/11), serão gravadas para o primeiro DVD da Camerata, a ser lançado em 2020.

No domingo (3/11), o concerto acontece no Santuário Nossa Senhora de Guadalupe e será transmitido ao vivo para todo país pela TV Evangelizar e também pelo aplicativo, Facebook e canal do YouTube da emissora.

O concerto é um dos mais esperados pelo público da Camerata devido a emblemática composição de Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791). Nenhuma obra na história da música é tão envolta em especulações e mistérios. A visão romântica de um gênio em situação financeira difícil e de saúde precária, compondo uma grande missa pelos mortos e morrendo antes de finalizá-la, povoou a imaginação de gerações.

“Mozart extrapola a sua grandiosidade, ele precisava se expressar e fez isso com uma maestria que só ele tem. É potente, humano e de uma espiritualidade que vem dessa pessoa que viveu fortuna e miséria, fama e esquecimento, os extremos mais extremos, com contrastes que são sentidos na obra”, comentou Tobias Volkmann.

Sendo um dos principais concertos da temporada 2019, conceituados solistas foram convidados para engrandecer as apresentações. A soprano Masami Ganev (Japão/Brasil-SC), a mezzosoprano Luciana Costa e Silva (RJ), o tenor Jacques Rocha (RJ) e o baixo Carlos Eduardo Marcos (SP).

Música para os mortos
O Cemitério Municipal São Francisco de Paula é a primeira necrópole da capital paranaense, inaugurada em 1º de dezembro de 1854, pelo presidente de província Zacarias de Góes e Vasconcellos, representou o ingresso da capital aos preceitos higienistas. O espaço situado na rua Trajano Reis, é um local de descanso dos despojos de 96 mil pessoas.

Entre seus muros, 5.743 construções feitas ao longo de 165 anos de existência, formaram camadas que reverberam a Curitiba dos séculos XIX, XX e XXI. Do traçado original, com pouco mais de 8 mil metros quadrados, aos 51.414 atuais, sua ocupação – ainda que não planejada – foi progressiva e linear.

Concertos sociais
O concerto no Santuário Nossa Senhora do Guadalupe integra uma série de concertos realizados esse ano no espaço – esse é o quarto dos cinco Programas até dezembro de 2019. Foram selecionados os destaques da temporada anual, apresentando a transversalidade do repertório da Camerata, cujas obras dialogam com a liturgia cristã de tradição católica.

O próximo concerto acontece em dezembro comemorando a época natalina, com a regência do belga Bart Naessens no Oratório Messias, de Händel.

Serviço:
Camerata Antiqua de Curitiba apresenta Réquiem de Mozart
Concerto solene em memória dos 165 anos do Cemitério São Francisco de Paula
Regência Tobias Volkmann (RJ)

Datas e horários:
Sexta-feira, 1º de novembro, às 20h
Sábado, 2 de novembro, às 18h30
Local: Capela Santa Maria Espaço Cultural
Endereço: Rua Conselheiro Laurindo, 273
Ingressos: R$ 30 e meia-entrada R$ 15

Domingo, 3 de novembro, às 16h30
Local: Santuário Nossa Senhora de Guadalupe
Endereço: Praça Senador Correia, 128 – Centro, Curitiba – PR
Gratuito

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


seis + dezessete =