Navigation Menu

Ópera Tosca, de Puccini, é destaque no 22º Festival Amazonas de Ópera

A programação do 22º Festival Amazonas de Ópera (FAO), que vai até 30 de maio, segue a pleno vapor. Neste fim de semana, é a estreia da ópera Tosca, de Giacomo Puccini (1858 – 1924), no Teatro Amazonas, em Manaus. Para celebrar o Dia das Mães, o festival preparou o concerto Amor Popular Brasileiro: Temas de amor na MPB. O espetáculo será com a Orquestra de Violões do Amazonas e o Coral Infanto-juvenil do Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro.

 

O Festival contou com a colaboração do Teatro Solís, no Uruguai, para a produção e o cenário de Tosca. A ópera, que estreou em 1900 no Teatro Costanzi, em Roma, é baseada em uma peça teatral do dramaturgo francês Victorien Sardou, de 1887. A narrativa conta a história da célebre cantora de ópera Floria Tosca, do pintor Mario Caravadossi e do chefe de polícia Baron Scarpia. A ação se passa em 1800, quando a Itália era ameaçada pela invasão do exército de Napoleão Bonaparte.

 

“É uma das óperas mais cinematográficas de Puccini, uma obra intensa em todos os três atos”, declara o maestro Fernando Malheiro, que rege e dirige a ópera no Teatro Amazonas. Tosca será apresentada pela Amazonas Filarmônica, Coral do Amazonas e Coral Infantil do Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro. O espetáculo tem duração de três horas.

 

Atividades especiais

 

O espetáculo L’enfant et les Sortilèges (O Menino e os Sortilégios), de Maurice Ravel, é apresentado em forma de teatro de marionetes pelos artistas do Pequeno Teatro do Mundo (Foto: Divulgação)

O projeto Ópera Mirim, voltado ao público infantil, é outra das atividades paralelas do Festival. O espetáculo L’enfant et les Sortilèges (O Menino e os Sortilégios), de Maurice Ravel, é apresentado em forma de teatro de marionetes pelos artistas do Pequeno Teatro do Mundo. É a história de um menino, que, com a ajuda de objetos encantados, encontra uma forma de viver mais generosa.

 

Ainda como parte da programação, o Festival organiza, no dia 26 de maio, o encontro Os Teatros de Ópera e a Economia Criativa na América Latina, que será realizado no Centro Cultural Palácio da Justiça. Serão apresentados dados e casos de sucesso sobre a Indústria da Ópera na América Latina.

 

Festival

Em sua 22ª edição, o Festival Amazonas de Ópera celebra o centenário do maestro e compositor amazonense Claudio Santoro. A programação diversificada ocorre em diversos locais de Manaus – nos teatros Amazonas e da Instalação; centros culturais Palácio Rio Negro e Palácio da Justiça; shoppings, hospitais e escolas e também em cidades do interior do estado.

 

Além de fomentar e dar visibilidade à ópera no País, o Festival também tem o objetivo de estimular a formação de novos artistas, gerar empregos e movimentar atividades econômicas relacionadas ao turismo. O evento busca se consolidar como uma referência para a economia criativa da região.

Be Sociable, Share!

Author: Brasil Cultura

Share This Post On

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 + nove =