Bibliotecas Públicas/2009

 

 

 

 

A Fundação Biblioteca Nacional, instituição vinculada ao Ministério da Cultura, reafirma a meta para o ano de 2009 de zerar o déficit de municípios brasileiros que não têm bibliotecas públicas – um total de 361, o equivalente a 6,4% de cidades do país -, uma ação inserida no Programa Mais Cultura, que faz parte da Agenda Social do Governo Federal.

Serão contemplados com a implantação desse equipamento cultural municípios de 21 estados: Acre, dois; Alagoas, três; Amapá, três; Amazonas, 24; Bahia, 67; Ceará, dois; Goiás, 25; Maranhão, 11; Mato Grosso do Sul, três; Minas Gerais, quatro; Pará, cinco; Paraíba, 48; Pernambuco, dez; Piauí, 79; Rio Grande do Norte, 28; Rio Grande do Sul, 13; Rondônia, um; Roraima, cinco; Sergipe, três; São Paulo, 15; e Tocantins, dez.

Também serão modernizadas 410 unidades existentes em diversas regiões do país. As listagens com os nomes das cidades beneficiadas com as duas ações foram divulgadas no último dia 30 de dezembro, no Diário Oficial da União (Seção 3, páginas 30 a 32).

Confira as relações dos contemplados

Fomento à Leitura

Para o presidente da FBN/MinC, Muniz Sodré, a iniciativa visa difundir e ampliar a cultura através do incentivo ao hábito da leitura, considerando-se que no Brasil lê-se muito pouco – em média 4,7 livros ao ano por habitante, segundo revelou a pesquisa Retratos da Leitura no Brasil.

Até 2003, havia 1.173 cidades sem bibliotecas públicas no país, o equivalente a 21,09% do total dos 5.564 municípios brasileiros. Desde 2006, com investimentos de R$ 44 milhões, foram implantadas 703 bibliotecas municipais e modernizadas outras 96 já existentes, por meio do Programa Livro Aberto, uma das ações do Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas, coordenado pela Fundação.

Cada biblioteca recebe um kit com uma coleção com cerca de dois mil livros, equipamentos de som, TV, DVD e vídeo, móveis e um software para arquivamento e digitalização, o Biblivre, desenvolvido gratuitamente pela Coordenação dos Programas de Pós-Graduação de Engenharia, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, e tem a vantagem de já vir com todo o acervo digitalizado.

Como contrapartida, para se beneficiar com a iniciativa, as prefeituras dos municípios contemplados devem dispor do espaço físico e de pelo menos um funcionário especializado, além de estar adimplentes com a União.

Informações: www.bn.br informativo@bn.br e (21) 3095-3801/3803/3814.

13/01

    Author: Redação

    Share This Post On