Páscoa

Chegamos ao mês de março. Fim da Quaresma, Paixão de Cristo, Páscoa e muito a pensar sobre cultura. Cultura não fica nos limites, como muitos pensam apenas em entretenimento ou passatempo. Ela é, também, um veículo de transformação e renovação de um grupo social. É preciso encará-la como educação. Educação através da música, da poesia, da literatura, das artes plásticas, do teatro, do cinema, do vídeo… É fomentar políticas que promovam o debate, a pesquisa, a inclusão social e a conscientização do dever de preservar o ambiente urbano. É trabalho do dia-a-dia. Cultura é: civilização, progresso e desenvolvimento de um grupo ou uma sociedade que deseja dias melhores. Que deseja viver com dignidade. É através da Cultura, este verdadeiro instrumento da sociedade, que descobriremos o nosso verdadeiro papel dentro da comunidade. Nestes tempos atuais, troca de Papa, o sentimento cristão no ar, Páscoa e, quando se fala muito em “cidadania”, deveríamos dar mais atenção à Cultura como forma de libertação, de desenvolvimento e de progresso social. Em uma sociedade caracterizada por tantos problemas sociais como a brasileira, diversas são as ações realizadas para promoção da cidadania, uma delas e a valorização de nossa cultura. Que o coelhinho nessa Páscoa traga embrulhado nos ovos de chocolate a esperança para que a sociedade valorize mais a sua própria cultura e descubra que ela pode ir muito além da dança e da música e do próprio chocolate. Feliz Páscoa!

Cláudio Ribeiro

Jornalista-Compositor

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


18 − 17 =