Navigation Menu
José Lins do Rego
set12

José Lins do Rego

José Lins do Rego nasceu no dia 3 de julho de 1901, no Engenho do Corredor, município de Pilar, na Paraíba, propriedade do avô materno, onde passou sua infância. Fato que se tornou memorável em suas obras, nas quais freqüentemente cita a vida no engenho, o autoritarismo dos senhores de engenho, e a decadência da estrutura econômica voltada ao ciclo da cana-de-açúcar, como ele mesmo intitulou. Foi criado até os doze anos no canavieiro,...

Leia mais
Rubem Braga: A greve do pão dormido (e a lição do humilde padeiro)
jun15

Rubem Braga: A greve do pão dormido (e a lição do humilde padeiro)

Levanto cedo, faço minhas abluções, ponho a chaleira no fogo para fazer café e abro a porta do apartamento – mas não encontro o pão costumeiro. No mesmo instante me lembro de ter lido alguma coisa nos jornais da véspera sobre a “greve do pão dormido”. De resto não é bem uma greve, é um lock-out, greve dos patrões, que suspenderam o trabalho noturno; acham que obrigando o povo a tomar seu café da manhã com pão dormido conseguirão não...

Leia mais
Os olhares de Olavo Bilac e Caetano Veloso sobre a Língua Portuguesa
jun10

Os olhares de Olavo Bilac e Caetano Veloso sobre a Língua Portuguesa

Neste 10 de junho, Dia da Língua Portuguesa, o Prosa, Poesia e Arte publica um ensaio especial do professor e poeta Everaldo Augusto sobre duas das mais belas composições a respeito de nosso idioma: o poema Língua Portuguesa, de Olavo Bilac, e a música Língua, de Caetano Veloso. Segundo Everaldo – que é também mestre em Literatura Brasileira pela Universidade Federal da Bahia –, Caetano e Bilac “partilham a mesma admiração e...

Leia mais
Conheça quatro livros de poetas brasileiros contemporâneos
maio27

Conheça quatro livros de poetas brasileiros contemporâneos

A poesia é política. Pode até não tratar disso diretamente, mas é um ato engajado. E política, nos versos, não significa tratar de fatos e desgovernos, mas de ressignificar símbolos. E há muito disso na produção recente contemporânea. Quatro livros chegam às prateleiras com vozes ora diretas, ora abstratas, mas sempre contundentes e carregadas de um certo desencanto. “É um livro violento”, avisa Eucanaã Ferraz sobre Retratos com...

Leia mais
Chico Buarque de Holanda ganha Prêmio Camões
maio22

Chico Buarque de Holanda ganha Prêmio Camões

Matéria do jornal O Estado de S. Paulo informa que o cantor, compositor e escritor brasileiro Chico Buarque ganhou o Prêmio Camões 2019. O anúncio foi realizado hoje, às 16h, no Rio de Janeiro, após uma reunião na sede da Biblioteca Nacional.   O vencedor foi escolhido por uma equipe de seis jurados indicados pela Biblioteca Nacional do Brasil, pelo Ministério da Cultura de Portugal e pela comunidade africana. São eles os...

Leia mais
Jeosafá Gonçalves: A força simbólica das palavras
abr06

Jeosafá Gonçalves: A força simbólica das palavras

A linguagem, ou a língua, aqui tomadas como sinônimos, pode assumir, a grosso modo, duas dimensões: a pragmática (prática) e a simbólica, sendo que nem a primeira nem a segunda são puras: tanto a dimensão predominantemente pragmática está mesclada com expressões de natureza simbólica, quanto a dimensão simbólica está contaminada pela dimensão pragmática da linguagem.   Por Jeosafá Gonçalves*   A dimensão pragmática da...

Leia mais