Navigation Menu
Bolsonaro desmonta a Ancine e deixa cinema nacional à beira do colapso
out03

Bolsonaro desmonta a Ancine e deixa cinema nacional à beira do colapso

Com somente um diretor, pressionada por crises e pelo TCU, a Agência Nacional do Cinema analisou só seis prestações de contas entre janeiro e agosto. O audiovisual brasileiro corre o risco de ficar paralisado. Desde a posse de Jair Bolsonaro na Presidência, o governo federal não assinou um único ato legal relativo ao cinema – não indiciou nenhum diretor para a Ancine, não nomeou o Conselho Superior de Cinema, nem publicou o decreto da...

Leia mais
Dona Didi, a heroína do cinema mudo brasileiro
set28

Dona Didi, a heroína do cinema mudo brasileiro

Em artigo o jornalista e cineasta Marcos Enrique Lopes nos apresenta uma figura-chave para a história do cinema nacional: a italiana radicada no Brasil Adriana Falangola Benjamin, ou Dona Didi (1918-2018), uma “heroína” do período de filmes mudos. Confira.   Por Marcos Enrique Lopes* Adriana Falangola Benjamin, a Dona Didi, na década de 1920, quando protagonizava as aberturas e os encerramentos da produtora Pernambuco-Films...

Leia mais
É mais difícil escrever contos ou romance?
set25

É mais difícil escrever contos ou romance?

Vale a pena discutir se é mais difícil escrever um romance ou um conto? Segundo Octavio Paz, sem épica não há sociedade possível, pois não existe sociedade sem heróis em que se reconhecer. Jacob Burckhardt foi um dos primeiros a advertir que a épica da sociedade moderna é o romance. Mas como chamar de épico um gênero ambíguo, que mal se define entre a crônica, o ensaio filosófico, a confissão autobiográfica, em que tudo cabe e é...

Leia mais
Legalidade em detalhes
set18

Legalidade em detalhes

“O filme perde a oportunidade de abordar em paralelo aos acontecimentos no Rio Grande do Sul a viagem de Jango em seus precisos detalhes, para mostrar ao Brasil as razões que o fizeram aceitar o regime Parlamentarista”.   Por Christopher Goulart* Interpretado por Leonardo Machado, Brizola é o personagem central no filme Legalidade  Interpretado por Leonardo Machado, Brizola é o personagem central no filme Legalidade...

Leia mais
Atrofia cultural
set15

Atrofia cultural

O cartunista Miguel Paiva afirma que a cultura brasileira segue ameaçada. Ele diz: “um país como o Brasil não pode ser entregue a iniciativa privada como querem os neoliberais. Somos um país pobre, muito pobre, violento e abandonado, sem autoestima, sem orgulho, sem possibilidades reais de crescimento nessas condições” Charge: Miguel Paiva Cartonista relata a “atrofia cultural” que o Brasil vive neste momento....

Leia mais
A INDEPENDÊNCIA DO BRASIL FOI REALMENTE PACÍFICA?
set06

A INDEPENDÊNCIA DO BRASIL FOI REALMENTE PACÍFICA?

No resto do continente, dezenas de milhares pereceram pela independência. Aqui foi, literalmente, resolvido no grito. Fato ou mito?   O senso comum diz que a independência do Brasil aconteceu de forma pacífica, sem o derramamento de uma gota de sangue sequer. O quadro O A Proclamação da Independência, de François-René Moreau (acima), retrata o imaginário dos brasileiros: a separação de Portugal teria sido conquistada em um gesto...

Leia mais