Navigation Menu

Música e Trabalho: A Voz do Povo, de João do Vale e Paulinho da Viola

O Prosa, Poesia e Arte publica, a cada semana, a seção Música e Trabalho, em parceria com o Centro de Memória Sindical. A canção de hoje é A Voz do Povo, que consagrou a parceria entre João Batista do Vale, seu compositor, e Paulinho da Viola, o intérprete. Confira.

O cantor carioca  Paulo César Batista de Faria, o Paulinho da Viola, em foto de 1969 O cantor carioca  Paulo César Batista de Faria, o Paulinho da Viola, em foto de 1969

A melodia é um incentivo àqueles que acreditam na ação social, no papel transformador do ativista social. João do Vale desceu de São Luís (MA) para o Sul pegando carona, fazendo biscates e trabalhou na construção civil no Rio de Janeiro, quando já fazia suas composições. Integrou o primeiro grupo que apresentou em 1964 a peça Opinião, com Nara Leão e Zé Kéti.

 

A Voz do Povo

 

Meu samba é a voz do povo

Se alguém gostou

Eu posso cantar de novo

 

Eu fui pedir aumento ao patrão

Fui piorar minha situação

O meu nome foi pra lista

Na mesma hora

Dos que iam ser mandados embora

 

Eu sou a flor que o vento jogou no chão

Mas ficou um galho

Pra outra flor brotar

As minhas folhas o vento pode levar

Mas o meu perfume fica boiando no ar

 

[Composição: João do Vale (1965) | Intérprete: Paulinho da Viola]

 

Be Sociable, Share!

Author: Brasil Cultura

Share This Post On

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *