Bumba meu boi recebe título de Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco

O complexo cultural se junta à uma lista de outros 22 patrimônios reconhecidos pelo organismo mundial

 

O Brasil possui mais um atrativo reconhecido como Patrimônio Cultural da Humanidade. Isso porque, nesta quarta-feira (11.12), a Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco) deu por unanimidade o título ao Complexo Cultural do Bumba meu Boi do Maranhão. A expressão artística se junta a outros 22 destinos brasileiros que foram reconhecidos pelo organismo por atividades que buscam a proteção e a conservação do patrimônio natural e cultural brasileiro. Veja lista.

 

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, comemorou o reconhecimento e destacou que a decisão só reafirma que nossa riquíssima cultura merece ser conhecida por todo o mundo. “Essa diversidade está organizada em dez polos turísticos, cada um com suas vertentes naturais, culturais e arquitetônicos. E o Bumba meu Boi retrata toda essa diversidade, pois congrega diversos bens associados em uma única manifestação: performances musicais e teatrais, design e artesanato. É um bem que sintetiza toda a riqueza cultural que o nosso país possui”, afirmou.

 

A decisão também foi comemorada pelo secretário Especial da Cultura, Roberto Alvim. “É o Brasil mostrando a força de sua cultura para o mundo. Esse reconhecimento não só fortalece o Bumba meu Boi do Maranhão como expressão cultural, garantindo a preservação deste bem, mas vem para agregar valor a esse imenso e rico repertório cultural que temos no Brasil e que, cada vez mais, tem sido valorizado mundialmente”, disse ele.

 

O Bumba meu Boi realizado no Maranhão é considerado um Complexo Cultural por congregar diversos bens associados em uma manifestação. No campo da expressão popular, por exemplo, apresenta performances dramáticas, musicais e coreográficas, destacando-se ainda a riqueza das tramas e personagens. Já no plano material, podem ser apreciados os artesanatos, como os bordados do couro do boi e das indumentárias de seus personagens, além dos instrumentos musicais confeccionados artesanalmente. O Bumba meu Boi reúne todas as matrizes da formação cultural brasileira: indígena, negra e branca por meio do ritmo, da dança e das músicas.

 

Neste ano, o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, esteve diversas vezes na Unesco para tratar sobre a candidatura de patrimônios naturais e turísticos da Humanidade. Em junho, se reuniu com a diretora do Centro do Patrimônio Mundial da entidade, Mechtikd Rossler e defendeu a candidatura de Paraty como sítio histórico, cultural e natural da Humanidade. Em julho, veio o resultado: Paraty e Ilha Grande foram reconhecidos como Patrimônio Mundial Misto do Brasil. Com o reconhecimento internacional, o Brasil possui 22 bens na lista de sítios de excepcional valor universal.

 

Ainda em junho deste ano, o ministro Marcelo Álvaro Antônio defendeu, também na Unesco, a candidatura dos Cânions do Sul, na divisa do Rio Grande do Sul com Santa Catarina, como geoparque da humanidade. Apesar de ser considerado o primeiro do mundo em atrativos naturais pelo Fórum Econômico Mundial, o Brasil atualmente só tem a Serra do Araripe, no Ceará, na Rede Global de Geoparques da Unesco.

 

Edição: Rafael Brais

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


sete − 2 =