Dia da Escola – 15 de março

A escola é um espaço importante para a socialização e formação do ser humano. Destacando a sua importância, no dia 15 de março é comemorado o dia da escola.

escola é um das instituições de socialização do ser humano. Desde criança e em diferentes fases, ela é um espaço de convivência para o indivíduo, interagindo com os colegas, professores e os colaboradores da instituição.

Em uma data específica do ano, as comemorações giram em torno dela: é 15 de março, o Dia da Escola. Dedicar um dia a ela é de extrema importância para valorizar as partes componentes de seu espaço, que podem ser humanas, físicas e até mesmo intelectuais.

No ambiente escolar, o aluno aprende coisas básicas para a sua vida, tais como ler, escrever e contar. Portanto, o processo evolutivo acontece com o seu auxílio, desde a educação infantil ao ensino superior.

É também nela que o estudante possui contato com outras culturas, abrangendo a sua visão de mundo. Sem contar que, com uma boa formação escolar, a pessoa consegue se destacar profissionalmente e alcançar um futuro de sucesso.

Escolas no Brasil

As escolas no Brasil chegaram junto com os portugueses, no mesmo período em que ocorreu o conhecido Descobrimento do Brasil. Isso ocorreu em 1549, ainda durante o Período Colonial, quando os jesuítas trouxeram a Companhia de Jesus, liderada pelo padre Manuel da Nóbrega.

O intuito principal dela era propagar o catolicismo, realizando a catequização dos índios. Além disso, os padres lhes ensinaram a ler, escrever e algumas noções de matemática. E o padre José de Anchieta foi um dos principais nomes para o pontapé inicial na educação brasileira.

Na época, mulheres e escravos não tinham o direito a educação, sendo permitida apenas aos homens brancos, que iam estudar em colégios religiosos. Já os mestiços iam atrás das escolas dos jesuítas, que mesmo assim não queriam lhes aceitar no princípio. Mas, somente na metade do século XVII que os jesuítas deram abertura ao ensino para os mestiços, isso por conta dos subsídios que recebiam.

Depois de pouco mais de dois séculos, em 1759, os jesuítas foram expulsos do Brasil e o ensino laico foi sancionado com a inserção das Aulas Régias.

Atualmente, como menciona a Constituição Federal de 1988, a educação é um direito de todos e dever do Estado e da família. Pessoas de diferentes faixas etárias e classes sociais devem ter a oportunidade de ir a escola estudar.

Porém, ainda há regiões mais carentes e com dificuldade de manter um ensino de qualidade. Mas, mesmo assim, a escola pública permanece e é acessível a todos.

Níveis de ensino

Segundo a lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), a educação básica obrigatória e gratuita deve ser oferecida as pessoas com idade de 4 a 17 anos de idade. Portanto, a educação básica está dividida em pré-escola, ensino fundamental e ensino médio; já a educação superior compõe outra etapa da educação escolar.

A primeira etapa da educação básica é a educação infantil (creches, ou entidades equivalentes, e pré-escolas), oferecida para crianças de até cinco anos de idade.

O ensino fundamental, com início aos seis anos de idade, possui a duração de nove anos gratuitos na escola pública. Já o ensino médio é a fase final da educação básica. Com a duração mínima de três anos, o seu currículo é composto pela Base Nacional Comum Curricular.

Educação para Jovens e Adolescentes (EJA)

A escola geralmente está associada a um espaço de crianças e adolescentes, porém há pessoas que não conseguem estudar nessa fase por terem que trabalhar, ajudar em casa ou outros fatores externos.

Portanto, visando solucionar esse déficit de formação, existe no Brasil um sistema criado para ajudar esse grupo de indivíduos, chamado de Educação para Jovens e Adultos (EJA).

A EJA possui como público os maiores de 18 anos que não conseguiram finalizar os estudos em uma escola de ensino regular. Com séries ministradas em módulos, a modalidade possui cada módulo como uma série, possibilitando a conclusão do ensino médio durante um ano e meio (18 meses).

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


3 × três =