Ancine divulga 17 projetos de produção para cinema

A Agência Nacional do Cinema (Ancine), entidade vinculada ao Ministério da Cultura (MinC), divulgou a relação dos primeiros projetos habilitados para a etapa de contratação na Modalidade A da Chamada Pública BRDE/FSA Fluxo Contínuo Produção para Cinema 2018. Essa Chamada se destina à seleção de propostas, de forma automatizada, para investimento do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) em projetos de produção de obras cinematográficas de longa-metragem apresentados por meio de produtoras brasileiras independentes e distribuidoras brasileiras independentes. O valor total disponibilizado é de R$ 180 milhões.

Acesso Rápido

Os projetos habilitados somam aportes que totalizam R$ 51.908.975,07. Um projeto ainda aguarda decisão de reenquadramento do Comitê de Investimento de Cinema, com valor de R$ 3.091.024,93. A lista de projetos habilitados pode ser consultada aqui.

 

A habilitação ainda é preliminar, uma vez que os valores e projetos ainda podem sofrer alterações, em função dos recursos de inabilitação, da análise do CI e da análise financeira. Foram habilitados 17 projetos, de 15 produtoras e sete distribuidoras. Produtoras de quatro projetos têm classificação de nível 2 ou 3 na ANCINE, o que demonstra a presença de empresas iniciantes.

 

A partir de 31/10, serão divulgados semanalmente os projetos habilitados nas Modalidades B, C e D da Chamada. Enquanto houver saldo de recursos, novas atualizações serão divulgadas, à medida que projetos retornarem do Comitê de Investimento, quando for o caso.

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


20 − sete =