Políticas Culturais Afro-Brasileiras

Até 29 de julho, o Grupo de Trabalho de Políticas Culturais Afro-Brasileiras do #MinC, criado a partir de uma demanda de líderes de comunidades tradicionais de terreiro, vai atuar em seis áreas prioritárias. Saiba quais são aqui embaixo:

 reconhecimento da expressão cultural do candomblé e da umbanda como patrimônio imaterial
 inclusão dos terreiros nas políticas públicas culturais
 adoção do conhecimento e dos elementos afro nas escolas
 implantação de plataforma de identificação das comunidades de terreiros para criar uma rede de cultura e negócio entre elas
 realização de uma pesquisa nacional das comunidades tradicionais de terreiros
 promoção da integração das comunidades brasileiras com terreiros de outros países

Saiba mais: http://bit.ly/2HCziYz

Com Fundação Cultural Palmares

#culturagerafuturo #diversidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


5 − quatro =