Oficina de Música. Fim da fase erudita. 2

 

 

 

 

 

Fim da fase erudita

 

Oficina de Música 2005 encerra primeira fase com Tchaikovsky e obra inédita de Osvaldo Lacerda

 

O concerto de encerramento da fase erudita da 23ª Oficina de Música de Curitiba, com a orquestra sinfônica formada por quase 80 instrumentistas, promete ser um evento memorável na história do festival.

O concerto, que acontece no sábado, dia 15, às 21h, no Canal da Música, contará com a presença do compositor paulista Osvaldo Lacerda, que junto com o público assistirá à primeira audição mundial da sua obra “Concerto para Oboé e Orquestra”, com solo de Alex Klein. A regência será de Osvaldo Ferreira.

Aos 78 anos, consagrado com um dos mais importantes compositores contemporâneos, Lacerda criou a obra especialmente para este concerto, atendendo a uma solicitação do próprio Alex Klein, também diretor artístico da Oficina. “Ele já fez muitas obras para oboé, piano e pequenas orquestras, mas para uma sinfônica é a primeira. Pedi a ele que compusesse uma peça para ser tocada em concertos internacionais, levando para outros países as características bem específicas da nossa música e da nossa cultura”, disse Klein.

O estilo nacionalista de Osvaldo Lacerda atende a essa expectativa. O seu trabalho transpõe o folclore brasileiro para o idioma musical com simplicidade. Em uma de suas variações, o Concerto para Oboé remete a um tema sertanejo. “Eu o admiro muito por isso. Em termos de filosofia musical ele pode ser comparado a Bach, pois assim como o compositor alemão do período barroco, Lacerda manteve, por toda a sua vida, o mesmo estilo, a mesma identidade”, descreve Klein, que foi aluno do compositor em aulas de Harmonia Musical e Composição.

Alex, o regente Osvaldo Ferreira e os 80 alunos da Oficina que compõem a orquestra tiveram pouco tempo para ensaiar. A obra foi concluída há poucos dias, mas o próprio Lacerda deve acompanhar os últimos ensaios para orientar o grupo durante a execução. “Reger uma obra em sua primeira audição desperta sempre um sentimento especial. Será uma surpresa para todos nós”, adianta o maestro.

 

Author: Redação

Share This Post On