Landell de Moura

 

 

Landell de Moura

 

 

 

Algumas informações sobre a vida do inventor e cientista Padre Landell de Moura:

Roberto Landell de Moura nasceu na cidade de Porto Alegre, R.G.do Sul, em 21 de Janeiro de 1861.

Fez seus estudos religiosos no Colégio Pio Americano e cursou a Universidade Gregoriana como aluno de Física e Química.

Foi ordenado sacerdote em 28 de Novembro de 1886, em Roma.

Gostava de ser chamado simplesmente de Padre Landell.

Pesquisou e descobriu que todos os corpos animados ou inanimados são circundados por halos de energia luminosa, invisíveis a olho nu, segundo documentos de 1907. Ele chegou inclusive a fotografar o efeito. Tratava-se do “Efeito Kirlian”, batizado com esse nome em 1939, por causa dos estudos do casal soviético Semyon e Valentina Kirlian.

O “Transmissor de Ondas”, um dos aparelhos desenvolvidos e patenteados pelo Padre Landell de Moura foi reconstruído por técnicos da CIENTEC e está exposto na Fundação Educacional Padre Landell de Moura – em Porto Alegre. Os técnicos constataram que o transmissor atinge uma larga faixa de espectro de rádio-freqüências e é captado, inclusive na faixa de FM.

O principal feito do sacerdote cientista foi conseguir a primeira transmissão da voz humana, sem auxilio de fios. Isso aconteceu em 03 de junho de 1900. A distância entre o aparelho emissor e o detetor foi de aproximadamente de 8 quilômetros, entre o Bairro de Santana e os altos da Av. Paulista, na cidade de São Paulo. A demonstração foi presenciada por autoridades e pela imprensa. Nesta época o que se tinha em termos de comunicação por meios elétricos era o telégrafo por fios (Samuel Morse – 1837), o telefone com fio (Graham Bell -1876) e a radiotelegrafia (Guglielmo Marconi – 1895).

Ele é o patrono dos radioamadores brasileiros.

Landell é considerado também o precursor das fibras óticas, pois o aparelho inventado por ele era  multifunções e contemplava as funções de telegrafia e também a transmissão do som via Onda Portadora de Luz.

A patente brasileira para um “aparelho destinado à transmissão phonética à distância, com fio ou sem fio, através do espaço, da terra e do elemento aquoso” foi obtida em 09 de Março de 1901.

Nos estados Unidos Pe. Landell de Moura conseguiu três cartas patentes: a do “Transmissor de Ondas”, que é o precursor do rádio, ” Telefone Sem Fio” e “Telégrafo Sem Fios”.

Landell de Moura faleceu em Porto Alegre / RS em 30 de Junho de 1928.

Vale a pena pesquisar e saber mais sobre o trabalho do Pe. Landell de Moura:

 

 

Author: Redação

Share This Post On