Império de Casa Verde surpreende e é campeã do Carnaval de SP

 

A Império de Casa Verde sagrou-se campeã do Carnaval paulistano nesta terça-feira, ao superar as tradicionais e favoritas X-9, Vai-Vai e Mocidade Alegre, somando 298 pontos. A escola de samba da zona norte de São Paulo desfila no Grupo Especial há apenas três anos e terminou em terceiro lugar na apuração do ano passado.

Com o enredo “Brasil: se Deus é Por Nós, Quem Será Contra Nós?”, a Império despontou à frente das rivais no critério evolução, no qual a Vai-Vai, considerada principal candidata ao título, recebeu duas notas nove.

A Império de Casa Verde, fundada em 1994, ganhou três títulos — os do Acesso B, Grupo 4 e Grupo 3 — em seus primeiros anos de existência. A surpresa pela vitória foi tão grande que os membros da comunidade da escola só começaram a aparecer no barracão quando as últimas notas foram divulgadas. Até o início da apuração, a Vai-Vai –maior campeã do Carnaval de São Paulo, com 12 títulos– era tida como a favorita, mas acabou na quinta posição.

A vice-campeã, pelo segundo ano consecutivo, foi a X-9 Paulistana, que totalizou 296,5 pontos, cantando uma homenagem à dupla sertaneja Chitãozinho e Xororó. A terceira colocação ficou com a Mocidade Alegre, vencedora em 2004, com 296 pontos.

Barroca da Zona Sul e Imperador do Ipiranga, respectivamente com 272,5 e 278,5 pontos, terminaram nas últimas duas posições entre as 16 escolas e foram rebaixadas para o Grupo de Acesso. Voltam ao Grupo Especial a Gaviões da Fiel e a Unidos do Peruche, que haviam caído para a divisão menor no ano passado.

A escola do bairro do Ipiranga e a Mancha Verde começaram a apuração com pontos descontados por conta de punições. A primeira entrou na avenida com quatro carros alegóricos, em vez dos cinco previstos por regulamento, e perdeu dois pontos. A segunda extrapolou o tempo de desfile de 65 minutos e teve dois pontos descontados.

Nesta edição dos desfiles das escolas de samba de São Paulo, as três notas conferidas pelos jurados foram validadas. Em anos anteriores, as notas mais alta e mais baixa entre as cinco avaliações eram descartadas

 

 

Author: Redação

Share This Post On