A Peça Intimidade Indecente

 

O sucesso paulistano chega ao Rio com Marcos Caruso e Vera Holtz

A peça Intimidade Indecente, de Leilah Assumpção, está em cartaz no Rio após longa e bem-sucedida temporada em São Paulo. É a obra sincera — e indireta e fantasiosamente confessional — de uma autora que se revelou no tumulto dos anos 60 com Fala Baixo Senão Eu Grito, a consagração de Marília Pêra como atriz dramática.

Com direção de Regina Galdino, o texto de Intimidade Indecente mostra um casal que se separa e relembra, na maturidade dos 50 anos, as crises e os pontos altos do relacionamento. Preste atenção nos grandes talentos que envolvem a montagem. A peça, lançada pela carioca Irene Ravache, agora é representada por Vera Holtz, paulista do interior. O papel masculino continua com o paulistano Marcos Caruso.

Serviço
Teatro Maison de France — av. Pres. Antonio Carlos, 58, Centro, Rio de Janeiro, RJ, tel. 0++/21/2215-1708). Até 24/4/05. Quinta a sábado, às 21h; domingo, às 19h. R$ 60.

Author: Redação

Share This Post On