Brasil e Cuba assinam acordo para ampliar fluxo de turistas

Cuba e Brasil firmaram, em Brasília, um termo de cooperação técnica para ampliar o fluxo de turistas e o intercâmbio entre as empresas do setor dos dois países. A assinatura do documento aconteceu em um encontro entre os ministros do turismo do Brasil, Gastão Vieira, e de Cuba, Manuel Marrero Cruz.

O objetivo da parceria é estimular os turistas que visitam Cuba a prolongar a viagem e visitar o Brasil, assim como os turistas que visitam o Brasil a estender o passeio e visitar Cuba, uma prática conhecida como multidestino. “Vamos implementar ações que promovam o intercâmbio turístico entre os dois países”, disse o ministro Gastão Vieira.

Entre as ações previstas no acordo, destacam-se investimentos em projetos de desenvolvimento do turismo, a criação de fóruns de debate sobre o tema, a qualificação profissional e estratégias de marketing para criar novos produtos turísticos. No ano passado, Cuba recebeu 2,8 milhões de visitantes estrangeiros, sendo 16 mil brasileiros. O Brasil recebeu 5,67 milhões de visitantes internacionais, sendo 4.292 cubanos.

“Esse acordo é importante porque nos permite desenvolver formas de estimular roteiros conjuntos, aumentando o fluxo de turistas bilateralmente”, disse o diretor do Departamento de Relações Internacionais do Ministério do Turismo, Acir Madeira Pimenta Filho. Cuba criou a primeira conexão direta entre a capital do país, Havana, e São Paulo em voo inaugural que chegou ao Brasil dia 11 e trouxe o ministro do Turismo Manuel Cruz. Além do voo Havana-São Paulo, Cuba se organiza para criar novas linhas aéreas ligando diferentes destinos turísticos do país ao Brasil.

    Author: Redação

    Share This Post On

    Enviar um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *