Teatro politico em Curitiba?

Teatro anos 60 www.teatropolitico60.wordpress.com é o blog do documentário  que estréia em agosto em Curitiba.  Trata-se da história do movimento que reuniu estudantes, artistas e intelectuais para fazer  teatro politico na Curitiba dos anos 60. O documentario é produzido com verba da Lei Municipal de Incentivo a Cultura, aprovado no Edital de Patrimonio Imaterial. A história que já está sendo contada pelo blog baseia-se na dissertação de mestrado de autoria da Mestra em Educação e jornalista Ana Carolina Caldas. Através do diálogo com  o movimento que criava o teatro nacional popular – o Teatro de Arena e depois mais tarde a criação do Centro Popular de Cultura da UNE,  o documentário trará depoimentos de personagens importantes que fizeram parte do movimento local e nacional e  de jornalistas e criticos curitibanos que escreveram nos jornais sobre o tema.    Entre os entrevistados,  estão:  Ferreira Gullar, Arthur Poerner, Zé Renato  e os curitibanos  Dadá (Euclides Coelho de Souza), René Dotti, Edésio Passos, Oraci Gemba, Adair Chevonicka, Alcidino Bittencourt, entre outros. Além destes depoimentos, a equipe buscará imagens e videos de Gianfrancesco Guarnieri e de Walmor Marcelino que integrou o movimento em Curitiba.
 
 
Ferreira Gullar
Confira a entrevista que fizemos com o poeta  Ferreira Gullar, que foi presidente, em 1963, do Centro Popular de Cultura da UNE. Defendia na década de 60 a arte como instrumento de mobilização politica . Na entrevista, ele faz suas criticas ao pensamento da época  que muitas vezes chegou a subordinar estética à politica. Mas também, elenca as contribuições deixadas para as futuras gerações. Também dá o seu depoimento sobre o que ele acha atualmente da função social da arte.  Clique aqui para a entrevista
 
Inicio da história Na proxima semana o blog publicará a entrevista com um dos responsaveis pelo inicio do movimento que “inaugurou” o teatro politico em Curitiba: Euclides Coelho de Souza, o Dadá do Teatro de Bonecos. Ele, em 1959,  estudante de Engenharia e filiado ao Partido Comunista, resolveu fundar um grupo de teatro no partido: o “Teatro do Povo”. A idéia era falar sobre temas como Revolução Cubana, luta de classes… para o povo, de forma clara e que conseguisse sensiblizar para o socialismo. Para saber mais, leia aqui
  
 
 
 

 

Quem realiza?

 

Ana Carolina Caldas, proponente do projeto e autora da dissertação de mestrado “Centro Popular de Cultura da UNE (1959-1964) Encontros e Desencontros entre arte, educação e política”, que inspira o documentário. Defendida em 2003, em História da Educação pela UFPR, desde lá a pesquisa alimenta o desejo de tornar este história conhecida. Por dois motivos, segunda a autora: primeiro para fazer justiça aos que neste movimento se engajaram e, por ser este é um capitulo importante da história do teatro em Curitiba.  Na equipe, faz a coordenação e produção do projeto, escreve no blog e o roteiro da história.

 

Tulio Viaro, responsável pela captação das imagens e direção do documentário. Tem importante experiência na produção de documentários, entre eles: Guido Viaro – Um Retrato Coletivo – 2006, Curitiba – Uma Aventura Cultural – 1998, para a Band Curitiba, Memória do Futebol Paranaense – 2001 e Carrascos (2007). Responsável também pela edição dos vídeos e entrevistas  que serão publicados aqui.

 

Gilson Camargo, fotógrafo profissional desde 1992, é o responsável pelas imagens fotográficas que estão sendo produzidas para documentação do projeto e apresentação junto ao documentário. Além da produção e edição das imagens contribui na supervisão e concepção editorial desta página


 
 
 
Contato: (41)92114915 com Ana Caldas
Clique aqui Para saber sobre este projeto

    Author: Redação

    Share This Post On

    1 comentário

    1. oxneBq I think this is a real great post. Fantastic.

    Trackbacks/Pingbacks

    1. sac longchamp pas cher - sac longchamp pas cher... escvxnap...

    Enviar um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *