Pré-carnaval em Fortaleza tem “Fora Temer” e músicas cearenses

pre-for

Ao som da multidão na Praça do Ferreira a entoar o grito de “Fora Temer”, acompanhada pela bateria do bloco Luxo da Aldeia marcando o tempo, o pré-carnaval de Fortaleza, um dos mais animados e participativos de todo o País, com blocos em vários bairros da capital, foi aberto oficialmente na noite desta sexta-feira.

Foliões ocupam o centro de Fortaleza no ritmo de música cearense e do Fora Temer Foliões ocupam o centro de Fortaleza no ritmo de música cearense e do Fora Temer Desde o começo da noite um grande público saiu às ruas do Centro, ocupando a praça, que mais uma vez é do povo, para encontrar amigos, conhecer novas pessoas, dançar e cantar ao som de um repertório formado exclusivamente por canções de autores cearenses – do começo do século XX até a contemporaneidade, com novas composições especialmente preparadas pelos intérpretes e instrumentistas do bloco, para a festa pré-carnavalesca.

 

É a primeira vez que o Luxo da Aldeia, projeto que começou em uma pequena rua sem saída no bairro estudantil e boêmio do Benfica, na capital cearense, se apresenta na Praça do Ferreira, cartão postal e referência do movimento do Centro e de debates do cotidiano e da política de Fortaleza.

E tome Fausto Nilo, Lauro Maia, Evaldo Gouveia, Ednardo, Humberto Teixeira, Raimundo Fagner, Irapuan Lima, Mário Filho, Luiz Assunção (maranhense “adotado” pelo Ceará”), Pingo de Fortaleza, Parahyba e muitos outros grandes autores, neste grande “Bloco do Prazer” em que cabem maracatus, sambas, marchas, frevos, baiões, tudo com a assinatura do cuidado dos compositores cearenses com letras, harmonias, melodias e ritmos.

 

Além de confirmar a tendência de ocupação cada vez maior dos espaços públicos por cultura e arte, a festa também contou com a manifestação política dos cearenses, neste início de ano em que o governo pós-golpe, após aprovar a PEC do congelamento de investimentos sociais por 20 anos, se prepara para tentar impor à população novas medidas autoritárias, de retrocesso e de perda de direitos, como as reformas trabalhista e previdenciária. “Fora Temer, fora Temer”, gritaram milhares de foliões, defendendo também uma outra concepção de governo quanto a cultura, arte, respeito aos direitos sociais e às liberdades individuais.

 

Festejando se luta, lutando se festeja. É só o começo de um final de semana repleto de atrações culturais em Fortaleza, incluindo dezenas de blocos de pré-carnaval no sábado e, no domingo (29/1) a abertura da 10a. Bienal de Cultura e Arte da UNE, com programação de 9h da manhã às 2h da madrugada, no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. Tudo com entrada franca.

    Author: Braisil Cultura

    Share This Post On

    Enviar um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *