Ouça “História Hoje” 14/11: Saiba como começaram as transmissões radiofônicas da BBC

 

bbc-mic_2398457kEm 14 de novembro de 1922, foi realizada a primeira transmissão radiofônica da BBC, o serviço de radiodifusão britânico. Desde quando realizou a sua primeira transmissão radiofônica, a BBC consolidou-se como uma organização pioneira no rádio. Saiba mais nesta edição do História Hoje.

Apresentação Dilson Santa Fé

 

 

A História do Rádio

 

 

O rádio entre os meios de comunicação de massa pode ser considerado o mais popular e o de maior alcance do apresent_006público, não só no Brasil, mas no mundo. Um exemplo que ilustra muito, bem essa afirmação, foram os serviços prestados pela rádio inglesa BBC, durante a Segunda Guerra Mundial (1939-1945). Ela manteve os aliados informados sobre as batalhas contra o Eixo (Alemanha, Itália e Japão) e monopolizou a voz do mundo livre com transmissões para países inválidos pelos alemães.

 

Esse destaque é dado ao rádio basicamente por dois fatores: a capacidade que o homem tem em ouvir a mensagem sonora e a falada simultaneamente e não ter de interromper as suas atividades e se dedicar exclusivamente à audição e, à descoberta do transmissor.

 

A História dos meios de comunicação está estreitamente ligada à efervescência industrial experimentada no século XIX e que foi provocada pela Revolução Industrial (aproximadamente 1750-1850). As necessidades humanas levaram o homem do campo, que tradicionalmente sobrevivia da agricultura para as cidades. O sistema de transporte se aperfeiçoou e a locomotiva tornou-se realidade. Para tornar seguro e eficiente o tráfego de trens nas grandes aglomerações humanas que se formavam, os Ingleses inventaram o telégrafo eletrônico, em 1837, Samuel F.B. Morse foi quem desenvolveu o equipamento e, em 1844, instalou a primeira linha operacional de telégrafo nos EUA, ligando cidades de Washington e Baltimore.

 

Com a evolução tecnológica, a comunicação à distância se tornou realidade. Em 1866 os cabos submarinos atravessaram o Oceano Atlântico ligando os Estados Unidos à Europa. A troca de informações tornou-se bem mais eficaz e rápida, sendo que os maiores beneficiários foram às empresas jornalísticas da época. As agências de informações começam a se estruturar e surge a inglesa a Reuters e a norte-americana Associated Press. O telefone foi descoberto por Alexander Graham Bell, que o patenteia em 1876.

 

Há mais de cem anos, o físico alemão Heinrich Hertz mostrou existirem as ondas do rádio, foi em 1887. Ele verificou que essas ondas viajavam com a mesma velocidade da luz: trezentos mil quilômetros por segundo. Em reconhecimento ao seu trabalho – o nome de Hertz, foi adotado para significar a freqüência das ondas de rádio. O símbolo tornou-se Hz e representa a medida de um ciclo por segundo.

 

Em 1895, apareceu Guglielmo Marconi. Assistindo, um dia,na cidade de Bolonha, na Itália, a repetição da experiência de Hertz, veio-lhe a genial idéia de transmitir sinais através do éter.Utilizando o dispositivo do físico alemão, entregou-se pacientemente ao estudo das “ondas hertzianas”.Dois anos mais tarde, ele descobriu o princípio de funcionamento da antena.Estava resolvido um grande problema: guiar bem ondas através do espaço. É na Itália, com Guglielmo Marconi que a comunicação pelo rádio vai ser definitivamente descoberta.Estimulado pelos escritos de Hertz e com equipamento similares, dedicação absoluta, com o dinheiro da família, Marconi produziu o primeiro aparelho de rádio da história.

 

Os anos de ouro do rádio americano coincidem com a época de recessão (1929-1937) e a Segunda Guerra Mundial (1938-1945). Mas o sucesso inicial impulsionava as pesquisas e as descobertas de novos e mais eficientes equipamento que visavam atender à crescente industrialização da área e as novas demandas de entretenimento que meio trouxe consigo. O veículo propiciava aos ouvintes também escapar da realidade e da objetividade das tristes notícias daquele período, que revelavam um mundo de radicais e contínuas transformações.

 

A primeira imagem de TV nos EUA acontece em 1929, com o gato Félix, transmitido com 60 linhas de definição. Em 1939, estas linhas aumentam para 441, na primeira demonstração ao vivo, feita em Nova York para 200 receptores. A declaração da política para a televisão é feita em 1941. Os relógios Bulova são o primeiro comercial veiculado na NBC, em 11/07/41, a um custo de 4 dólares.

 

O aparecimento da televisão está ligado ao trabalho de dois engenheiros: Philo T. Farnsworth, que descobriu o sistema de varredura de imagens, patenteando em 1939 pela RCA por um milhão de dólares, e Vladimir Zworynkin, que descobriu o icnoscópio.

 

Após a Segunda Guerra Mundial, duas novidades alavancam o desenvolvimento da televisão: o tubo de imagem orticon: e a AT&T instala cabo cabos axiais, criando as redes. A primeira ligação foi feita entre Nova York e Washington, em 1946. O sistema de cores é mostrado pela primeira vez na CBS em 1946. Em 1948, aumenta de 17 para 48 estações, instaladas de para 23 cidades. Em janeiro de 1947, a abertura do Congresso norte americano é transmitido para 12 canais. Entre os anos de 1948-1952, a venda de aparelhos de televisão salta de 250 mil para 117 milhões de unidades. Em 1951 surgem as redes, com aparelhos de TV em 60% das residências americanas.

 

As grades fixas de programação surgem em 1948, quando muitos programas de rádio foram transferidos para a televisão. No final deste ano, já havia 19 programas, sendo transmitidos por 04 redes: NBC, CBS, DuMonte ABC.

 

Em 1956, surge o videoteipe, facilitando e barateando a produção na TV. Em 62, começa a corrida espacial, é lançado o primeiro satélite iniciam-se as transmissões ao vivo.

 

O rádio é um meio de comunicação baseada na difusão de informações sonora por meio de ondas eletromagnéticas (hertzianas) em diversas freqüências.

 

As ondas de rádio compõem-se de oscilações rápidas dos campos magnéticos e elétricos. A taxa de oscilações é chamada de freqüência da onda, medida em hertz (Hz). Um hertz eqüivale a uma oscilação por segundo e um quilohertz (kHz) corresponde a 1.000 hertz. Cada faixa de freqüência é utilizada para transmitir tipos distintos de informação:

 

As ondas longas (30 a 300 kHz) podem atingir cerca de 1.000 km. Elas são utilizadas, por exemplo, para transmitir dados meteorológicos a embarcações.

Programas transmitidos por canais de média freqüência, ou ondas médias (300 a 3.000 kHz), podem percorrer algumas centenas de quilômetros. Muitas estações de rádio utilizam essas faixas.

As ondas curtas (3.000 a 30.000 kHz) podem alcançar grandes distâncias. Elas circundam o planeta, refletidas entre a ionosfera (uma camada da atmosfera) e a superfície da Terra. Estações de rádio internacionais e radioamadores utilizam essas faixas.

As ondas de VHF (very high frequency) movem-se em linha reta e por isso não podem propagar-se além do horizonte. A polícia, o corpo de bombeiros e as estações de rádio locais usam as ondas VHF (30.000 a 300.000 kHz).

Os satélites de comunicação captam e retransmitem programas de rádio usando ondas de altíssima freqüência (mais de três bilhões de Hz).

Além da radiodifusão, as ondas eletromagnéticas também são usadas nas transmissões de telefones, de televisão, de radar, nos sistemas de navegação e nas telecomunicações.

    Author: Braisil Cultura

    Share This Post On

    Enviar um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *