Ouça “História Hoje” 12/07: Há 73 anos, Rússia e Alemanha se enfrentaram na Batalha de Kursk

929376

Há 73 anos, aconteceu um dos maiores confrontos de blindados militares. O palco dessa batalha foi em Kursk, uma das cidades mais antigas da Rússia, onde funcionava um centro estratégico de comunicação entre o Norte e o Sul.

 

Apresentação Dilson Santa Fé

 

Os russos criaram uma fortificação a oeste de Kursk para conter uma tentativa dos alemães de avançarem ao sul.

 

Em 12 de julho de 1943, 900 tanques russos entraram em confronto com outros 900 da Alemanha. Destroços de mais de 300 tanques alemães e russos ficaram espalhados pelo campo de batalha.

 

A Batalha de Kursk não está entre as mais conhecidas da Segunda Guerra Mundial. O confronto durou poucos dias, mas teve um grande impacto na história do segundo conflito militar global, que envolveu as grandes potências.

Russos contêm avanço alemão na batalha de Kursk

Schlacht um Kursk, Panzer VI (Tiger I)Em um dia como este, no ano de 1943, acontecia um dos maiores confrontos blindados da história militar com a ofensiva alemã contra a fortificação russa em Kursk, uma estação ferroviária e centro industrial da Rússia, palco de uma devastadora batalha, que marcou o ponto de virada da frente oriental em favor dos russos.

Os alemães tinham sido expulsos de Kursk, um centro estratégico de comunicação entre o norte e o sul, em fevereiro. Em março, os russos criaram uma fortificação a oeste de Kursk para evitar outra tentativa alemã no avanço mais ao sul. Em junho, os invasores alemães lançaram um ataque aéreo contra Kursk; em terra, acontecia a Operação Cottbus com o objetivo de destruir ações de militantes russos, que, na realidade, resultou no massacre de civis, enquanto os combatentes soviéticos estavam escondidos. Os russos responderam com ataques aéreos contra as tropas alemãs.

Em julho, Hitler percebeu que vencer a resistência russa em Kursk seria essencial para atingir os seus objetivos na Rússia Soviética e da defesa da Grande Alemanha. “Neste dia, vocês participarão de uma ofensiva de tal importância que todo o futuro da guerra poderá depender deste resultado”, anunciou Hitler aos seus soldados em 4 de julho. Mas,  no dia seguinte, os russos mostraram sua força com o lançamento de seu bombardeio de artilharia. Os alemães contra-atacaram e, a maior batalha de tanques da história começou: entre os dois beligerantes, foram usados quase seis mil tanques.

Em 12 de julho, 900 tanques russos entraram em confronto com outros 900 da Alemanha (incluindo os seus tanques de ponta Tiger), em Prokhorovka, onde ocorreu embate mais sério em Kursk. Quando tudo acabou, 300 tanques alemães, e mais ainda os russos, estavam espalhados sobre o campo de batalha. “A terra estava preta e queimada com tanques em chamas”, informou um oficial russo. O alto custo dos confrontos em Kursk (que se encerrou no dia 23 de julho) penderia em favor dos russos, que tinham conquistado a vantagem na frente oriental e, desta maneira, a permanência dos alemães em território soviético estava chegando ao fim.

itaipu log

História Hoje: Programete sobre fatos históricos relacionados às datas do calendário. Vai ao ar pela Rádio Brasil Cultura de segunda a sexta-feira.

    Author: Redação

    Share This Post On

    Enviar um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *