“Erro Histórico”

13419102_1106750029419915_2298489932339260534_n
O regime ideal, sonhado pela humanidade, é aquele que realiza ao mesmo tempo os ideais de liberdade e de igualdade. Creio que é a união de ambos que leva à fraternidade. Muitos consideram isto tão distante e utópico ou mesmo impossível. Dizem: esse Cláudio é um sonhador. Eu, poeta sonhador e marxista, acho que essa síntese dialética é possível embora muito difícil. Exemplo de dificuldade? – Hoje no Pleno do meu partido. Reafirmo minha convicção de que o socialismo virá não por força do destino ou uma inteligente ação de alguns. Não. A principal razão para o seu surgimento será o próprio capitalismo e sua essência exploradora e criadora de injustiça. E quanta injustiça – contra negros, índios, ciganos, mulheres, LGBT e trabalhadores. No meio desta luta tem o ser humano… O pior inimigo da unidade socialista não é o capitalista reacionário, mas membros de direção de partidos com integrantes pragmáticos, sectários e carreiristas. Não pensam duas vezes em se aliar com os adversários do campo inimigo, com os conservadores e golpistas. Em muitos, e posso apontar alguns, falta-lhes a autocritica e honestidade intelectual. Esses dirigentes ignoram que o marxismo não é dogma, mas um instrumento de análise e ação. Tem uma absurda incapacidade de adaptar a teoria à pratica ou ter uma atuação criativa, original e ética. Eu pessoalmente venho, quem me conhece sabe disso e, principalmente em momentos críticos como esse, apontando aqueles que são contra e fazem de tudo para não haver a união das esquerdas, seja que matiz for, e digo que são os diversionistas com carteirinha de foice e martelo, mas que fazem o jogo do inimigo comum.
Aponto o resultado do pleno de meu partido hoje (sábado dia 30/07), como um lamentável fenômeno de consequências desastrosas, tão ruim como acusações de alguns companheiros de outras agremiações, que sem saber colaboram com uma luta fraticida de camaradas. Companheiros, nenhuma força de nosso campo da esquerda, por mais errada ou certa que esteja, tem algo a ganhar com o enfraquecimento de uma força parecida. Ao contrário, quem ganha é a direita. Eu não caminharei com quem faz parte e levanta bandeiras das forças conservadoras e reacionárias. Acho um erro histórico. Não estou sozinho na decisão. Mas golpistas, por questão de honestidade e decência, eu não apoio. Lamento. Sou comunista apesar do partido!
Cláudio Ribeiro
Jornalista – Compositor
PS: Meu carinho e admiração a minha amiga e camarada Elza Campos, de formação moral sólida e incontestável, não suportando tanta violência aos ideais de luta partidária com o triste resultado do Pleno, pediu imediato afastamento da Presidência que vinha conduzindo com eficiência no Municipal do PCdoB.

    Author: Redação

    Share This Post On

    Enviar um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *