Em livro, Marília conta como foi o sequestro do avião Caravelle

marilia-guimaraes-foto-de-dario-zalis-5953112867

Marília Guimarães, ativista política e ex-guerrilheira, lança nesta quarta-feira (23) o seu livro “Habitando o Tempo – Clandestinidade, Sequestro e Exílio” em que apresenta um relato real vivido por ela e seus dois filhos durante o regime militar. No livro, ela também conta como foi o sequestro do avião Caravelle, em 1970, o exílio em Cuba e do retorno ao país após a lei de Anistia Política.

 

“Tive o privilégio de viver os movimentos de libertação da segunda metade do XX. Das décadas em que todos os continentes se atreveram a enfrentar os preconceitos, a falta de liberdade. Sou resultado deste momento histórico, época em que os famosos “Barbudos da Sierra Maestra” ousaram Lutar e ousaram Vencer”, afirma a autora no texto de apresentação de seu livro, dando o tom de sua obra.

 

“A ditadura militar no Brasil nos levou às prisões, assassinou companheiros, nos arrastou ao exílio. Durante dez anos, vivi longe da minha pátria. Durante dez anos conheci a solidariedade, o amor, a ternura. Participei em Cuba da construção de uma nova sociedade. Baseada nestes princípios tenho vivido. Entre trancos e barrancos, sou feliz”, completa Marília.

 

capa-livro-habitando-o-tempo-696x1009112868Além de escritora, Marília é pedagoga com especialização em Letras Neo Latinas, além de dirigir e produzir peças de teatro e shows musicais. Ela também preside o Comitê Social Coração Azul – Contra o Tráfico de Pessoas e trabalho escravo e a Rede Internacional de Intelectuais, artistas e movimentos sociais em defesa da Humanidade.

 

A militância política de Marília Guimarães, que participou ativamente da luta contra a ditadura, e no exílio da construção da Revolução Cubana, permeia toda a obra. A escritora costuma afirmar que nascer é um ato político e como tal precisa ser vivido.

 

 

SERVIÇO:

Lançamento

Habitando o Tempo – Clandestinidade, Sequestro e Exílio – Marília Guimarães

Editora LiberArs (307 páginas R$ 50,00)

Nesta quarta (23), às 18h30, na Livraria Martins Fontes (Avenida Paulista, 509 Centro).

 

 

 

 

.

 

 

    Author: Brasil Cultura

    Share This Post On

    Enviar um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *