Brasileiros se dedicaram menos a atividades culturais em 2011

A Fecomércio-RJ, em parceria com a Ipsos, realizou uma pesquisa nacional sobre hábitos culturais e concluiu que, no ano passado, os brasileiros se dedicaram menos a atividades culturais. Segundo o levantamento, em 2011, 45% da população desfrutaram, pelo menos uma vez ao longo do ano, de alguma atividade cultural enquanto, em 2010, esta proporção havia sido de 53%.

De acordo com João Carlos Gomes, economista da Fecomércio-RJ, a desaceleração da economia e a forte inflação de 2011 afetaram diretamente a prática de atividades culturais.

Entre as opções listadas, apenas o questionamento “assistiu alguma peça/espetáculo de teatro?” registrou um leve crescimento. Todos os itens restantes apresentaram retração.

Entre 2010 e 2011, o hábito de leitura teve queda de seis pontos percentuais – ressaltando ainda que o levantamento de 2011 passou a incluir a opção dos e-books. Em relação ao ano passado, o percentual de entrevistados que foram ao cinema também caiu de 28% para 24%.

A redução do hábito do brasileiro de ir ao cinema pode estar relacionada também ao aumento da comercialização de produtos piratas e à maior disseminação de downloads de filmes pela internet.

A principal razão apresentada pelos brasileiros para não frequentarem atividades culturais continua sendo “falta de hábito”. O preço não é o principal motivo. O levantamento mostrou que 53% dos que não leram sequer um livro não o fizeram por este motivo, razão citada também por 40% dos que não foram a alguma peça ou espetáculo de dança, 39% dos que não visitaram alguma exposição de arte e 38% daqueles que não frequentaram algum show de música.

Dentre os 45% entrevistados que fizeram alguma atividade cultural no ano passado, a preferência foi ler algum livro (63%). Em seguida, aparecem ir a algum show e ao cinema (ambos 53%), assistir a alguma peça (21%), ver algum espetáculo de dança e visitar alguma exposição de arte (ambos com 16%).

Para os 55% dos que não usufruíram de nenhum programa cultural, os principais meios de lazer citados foram assistir TV (72%), seguido por fazer um churrasco (20%), ir à igreja (15%), jogar futebol (11%) e ir a barzinhos (8%).

A falta de hábitos culturais da população segue como um desafio ao país. Programas desta área permanecem ausentes da agenda de mais da metade dos brasileiros.

O levantamento da Fecomércio-RJ/Ipsos entrevista anualmente mil pessoas em 70 cidades, incluindo nove regiões metropolitanas. Tem como objetivo mensurar as atividades relacionadas à cultura. A principal razão para a realização desta pesquisa – em sua quinta edição – está no fato de o Sistema Fecomércio-RJ, composto por Sesc, Senac e Fecomércio-RJ, considerar a cultura um dos principais meios de inserção social, fator essencial para o desenvolvimento do país.

    Author: Redação

    Share This Post On

    Trackbacks/Pingbacks

    1. seri�sa dejtingsajter - Title... [...]we came across a cool website which you may well take pleasure in. Take a search should you want[...]...

    Enviar um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *