Apolonio de Carvalho, a trajetória de um libertário

O Memorial da Resistência de São Paulo, instituição da Secretaria de Estado da Cultura, apresenta a exposição Apolonio de Carvalho, a trajetória de um libertário. Composta por cerca de 30 painéis com fotos, documentos, cartazes e textos que percorrem a história de Apolonio de desde a sua infância em Corumbá, passando pelos principais acontecimentos políticos e sociais do século XX, como a Insurreição de 1935, a Guerra Civil Espanhola, a Resistência Francesa contra o nazismo, a luta contra a ditadura militar, o exílio, a anistia e a reconstrução democrática no Brasil. Esta mostra presta uma homenagem aos 100 anos de nascimento deste “internacionalista” cuja trajetória inclui as mais importantes lutas libertárias ocorridas no Brasil e na Europa no século XX, afirma Stela Grisotti, curadora da mostra.

 

Além dos painéis, o público poderá assistir trechos do documentário Vale a pena sonhar (2002), que traz uma seleção de imagens da Guerra Civil Espanhola e da Resistência Francesa, além de depoimentos de companheiros de luta de Apolonio de Carvalho. A direção do filme é da curadora da exposição, Stela Grisotti e de Rudi Böhm.

 

Apolonio participou, desde a década de 30, das principais lutas políticas no Brasil e no Exterior. Sua trajetória foi marcada pela luta das causas sociais, na consolidação de um projeto democrático e socialista para o Brasil. Serviu o Exército Brasileiro, foi voluntário nas Brigadas Internacionais da Guerra Civil Espanhola, combatendo o fascismo entre 1937 e 1939, e, na França, foi coronel da Resistência na luta contra o nazismo na 2ª Guerra Mundial. Nos anos 60, rompeu com o PC brasileiro e ajudou a fundar o Partido Comunista Brasileiro Revolucionário (PCBR). Com a redemocratização, foi um dos primeiros a se filiar ao PT. Faleceu no dia 23 de setembro de 2005, aos 93 anos de idade, vítima de pneumonia.

Concebida originalmente para integrar a programação oficial do Ano do Brasil na França (2005), a exposição foi montada, pela primeira vez, no Museu da Resistência e Deportação de Toulouse, cidade no sul da França, libertada do domínio nazista sob o comando de Apolonio, em 1949. No Brasil, foi apresentada nas cidades do Rio de Janeiro (2007) e de Recife (2008) com o apoio da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República.

 

Todos os materiais apresentados fazem parte de um amplo acervo reunido por Stela Grisotti e Rudi Böhm para a elaboração do documentário Vale a pena sonhar – lançado há mais de sete anos. O material foi coletado em arquivos da França, da Espanha e do Brasil, além do depoimento do próprio Apolonio ainda em 2002.

 

 

Apolonio de Carvalho, a trajetória de um libertário

 

Abertura dia 31 de março, sábado, das 13h às 17h30

Em cartaz até o dia 1 de julho de 2012

 

Memorial da Resistência de São Paulo | Lgo. General Osório, 66 – 11 3335-4990

Aberta de terça a domingo, das 10 às 18h | Entrada gratuita

    Author: Redação

    Share This Post On

    2 Comentários

    1. ?ˉ????I typically cant uncover it in me to care enough to leaves a comment for articles on the web but this was truly pretty very good, thanks and maintain it up, Ill check back once more

    2. Wonderful blog! I found it while searching on Yahoo News. Do you have any tips on how to get listed in Yahoo News? I’ve been trying for a while but I never seem to get there! Cheers

    Trackbacks/Pingbacks

    1. motor trade insurance companies - Title... [...]Wonderful story, reckoned we could combine a handful of unrelated data, nevertheless truly really worth taking a look, whoa did …
    2. Social Media Marketing companies - Title... [...]Every as soon as in a even though we pick blogs that we study. Listed below would be the newest …
    3. sam smith single - Title... [...]please visit the web sites we follow, such as this 1, because it represents our picks through the web[...]...
    4. stern kaufen - Title... [...]usually posts some really interesting stuff like this. If you’re new to this site[...]...

    Enviar um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *