Africanos (forçados) reiventando sua culinária

comida africanaA escravidão deixou marcas indeléveis, em sua grande maioria negativas, na trajetória socioeconômica do Brasil. No que diz respeito ao legado cultural, porém, uma das heranças mais importantes da inserção dos negros na sociedade está na gastronomia.

A influência africana na dieta do brasileiro possui dois aspectos. O primeiro diz respeito ao modo de preparar e temperar os alimentos. O segundo, à introdução de ingredientes na culinária brasileira.

A condição de escravo foi determinante para explicar como a técnica culinária dos africanos desenvolveu-se no Brasil. Tendo sido aprisionados na África e viajado em péssimas condições, os negros não traziam consigo nenhuma bagagem, muito menos ingredientes culinários.

Isso reforçou a necessidade da improvisação para alimentarem-se no novo território, que, por sua vez, tinha uma estrutura ainda pouco eficaz. A própria elite tinha de importar vários gêneros.

Nos engenhos de açúcar, para onde foram levados, as cozinhas eram entregues às negras, pois, no começo, os colonizadores vieram sem suas mulheres. Responsáveis pela alimentação dos senhores brancos e com a necessidade de suprir sua própria demanda, os negros passaram a adaptar seus hábitos culinários aos ingredientes da colônia.

Na falta do inhame, usaram a mandioca; carentes das pimentas africanas, usaram e abusaram do azeite-de-dendê, que já conheciam da África (as primeiras árvores vieram no começo do século 16). Adeptos da caça, incorporaram à sua dieta os animais a que tinham acesso: tatus, lagartos, cutias, capivaras, preás e caranguejos, preparados nas senzalas.

A cozinha africana privilegia os assados em detrimento das frituras. O caldo é um item importante, proveniente do alimento assado ou simplesmente preparado com água e sal. É utilizado na mistura com a farinha obtida de diversos elementos.

No Brasil, essa prática popularizou o pirão _já conhecido pelos índios_, mistura do caldo com farinha de mandioca e o angu (caldo com farinha de milho).

O modo africano de cozinhar e temperar incorporou elementos culinários e pratos típicos portugueses e indígenas, transformando as receitas originais e dando forma à cozinha brasileira.

Da dieta portuguesa vieram, por exemplo, as galinhas e os ovos. Em princípio, eram dados apenas a negros doentes, pois acreditava-se que fossem alimentos revigorantes. Aos poucos, a galinha passou a ser incluída nas receitas afro-brasileiras que nasciam, como o vatapá e o xinxim, e que resistem até hoje, principalmente nos cardápios regionais.

Da dieta indígena, a culinária afro-brasileira incorporou, além da essencial mandioca, frutas e ervas. O prato afro-indígena brasileiro mais famoso é o caruru. Originalmente feito apenas de ervas socadas ao pilão, com o tempo ganhou outros ingredientes, como peixe e legumes cozidos.

O acarajé, hit da cozinha afro-brasileira, mistura feijão-fradinho, azeite-de-dendê, sal, cebola, camarões e pimenta. A popular pamonha de milho, por sua vez, origina-se de um prato africano, o acaçá.

A vinda dos africanos não significou somente a inclusão de formas de preparo e ingredientes na dieta colonial. Representou também a transformação da sua própria culinária. Muitos pratos afro-brasileiros habitam até hoje o continente africano, assim como vários pratos africanos reinventados com o uso de ingredientes do Brasil, como a mandioca, também fizeram o caminho de volta.

No que se refere aos ingredientes africanos que vieram para o Brasil durante a colonização, trazidos pelos traficantes de escravos e comerciantes, esses constituem hoje importantes elementos da cultura brasileira. Seu consumo é popular e sua imagem constitui parcela importante dos ícones do imaginário do país.

Vieram da África, entre outros, o coco, a banana, o café, a pimenta malagueta e o azeite-de-dendê. Sobre este, dizia Camara Cascudo: “O azeite-de-dendê acompanhou o negro como o arroz ao asiático e o doce ao árabe”. No Nordeste, são também populares o inhame, o quiabo, o gengibre, o amendoim, a melancia e o jiló.

Clique aqui para saber tudo sobre culinária brasileira

    Author: Redação

    Share This Post On

    6 Comentários

    1. vs4fA4 Im obliged for the post. Want more.

    2. ESSE TESTO E MUITO EDUCATIVO

    3. Hi this is somewhat of off topic but I was wanting to know if blogs use WYSIWYG editors or if you have to manually code with HTML. I’m starting a blog soon but have no coding skills so I wanted to get advice from someone with experience. Any help would be greatly appreciated!

    4. k3x0N9 I value the blog article. Really Great.

    5. The ideas you posed in you article are first rate, fresh and revealing. You must continue to produce these kinds of articles in order to enlighten the masses. Thank you.

    Trackbacks/Pingbacks

    1. disability insurance - Title... [...]Here are some of the sites we recommend for our visitors[...]...
    2. Bev Carlow - Title... [...]Here is a superb Weblog You may Come across Exciting that we Encourage You[...]...
    3. Social Media Marketing Firm - Title... [...]The data talked about in the write-up are a few of the top obtainable [...]...
    4. materace lateksowe - Title... [...]that may be the finish of this post. Here you will obtain some sites that we think you’ll enjoy, just …
    5. buy YouTube views - Title... [...]just beneath, are various absolutely not associated internet sites to ours, even so, they're surely worth going over[...]...
    6. buy liuqin - Title... [...]we prefer to honor many other online websites on the internet, even if they aren’t linked to us, by linking …
    7. buy youtube views - Title... [...]Here are a few of the websites we suggest for our visitors[...]...
    8. ocarina store - Title... [...]Here are some of the websites we suggest for our visitors[...]...
    9. xiao for sale - Title... [...]usually posts some pretty fascinating stuff like this. If you’re new to this site[...]...
    10. bouifrtusrgfdrtyszugxjgx - Title... [...]we prefer to honor a lot of other net internet sites on the net, even if they aren’t linked to …
    11. free�images - Title... [...]check beneath, are some absolutely unrelated internet sites to ours, having said that, they're most trustworthy sources that we use[...]...
    12. Create Website - Title... [...]just beneath, are various completely not related web-sites to ours, nonetheless, they may be certainly really worth going over[...]...
    13. make money online - Title... [...]one of our visitors not too long ago suggested the following website[...]...
    14. pagers - Title... [...]below you will obtain the link to some web pages that we think you need to visit[...]...
    15. locksmiths Worthing - Title... [...]Wonderful story, reckoned we could combine a handful of unrelated information, nonetheless truly really worth taking a search, whoa did …
    16. Jason Youmans - Title... [...]just beneath, are numerous absolutely not connected web pages to ours, even so, they may be surely really worth going …
    17. Get GooglePlus Followers - Title... [...]Here is a superb Weblog You may Come across Intriguing that we Encourage You[...]...
    18. Modesta Tapscott - Title... [...]Wonderful story, reckoned we could combine a handful of unrelated information, nevertheless truly really worth taking a appear, whoa did …
    19. Social Media Marketing Company - Title... [...]just beneath, are quite a few absolutely not related sites to ours, nevertheless, they're surely really worth going over[...]...
    20. social media marketing - Title... [...]we came across a cool web-site that you simply may well enjoy. Take a look should you want[...]...
    21. Social Media Companies - Title... [...]usually posts some very intriguing stuff like this. If you are new to this site[...]...

    Enviar um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *