22 de março – Dia Mundial da Água

O Dia Mundial da Água é comemorado em 22 de março desde o ano de 1993. Essa data busca conscientização a respeito da importância da água para os seres vivos.

O Dia Mundial da Água é comemorado em 22 de março desde o ano de 1993. Essa data busca conscientização a respeito da importância da água para os seres vivos.

O Dia Mundial da Água é comemorado todos os anos no dia 22 de março. A data foi sugerida na Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, de 1992, e passou a ser comemorada em 1993.

O objetivo desse dia é promover conscientização sobre a relevância da água para a nossa sobrevivência e de outros seres vivos. Além disso, a data é um momento para lembrar a importância do uso sustentável desse recurso e a urgente necessidade de conservação dos ambientes aquáticos, evitando poluição e contaminação.

Anualmente a Organização das Nações Unidas (ONU) escolhe um tema para ser debatido no Dia Mundial da Água. Entre os temas já escolhidos, destacam-se: Água e Desenvolvimento Sustentável (2015), Água e Energia (2014), Ano Internacional de Cooperação pela Água (2013), Água e Segurança Alimentar (2012), Água para as Cidades: Respondendo ao Desafio Urbano (2011), Água Limpa para um Mundo Saudável (2010), Águas Transfronteiriças (2009), Saneamento (2009) e Lidando com a Escassez da Água (2007). Para o ano de 2016, o tema é Água e Empregos: Investir em Água é Investir em Empregos. Para 2017, o tema é Água Residual e, para 2018, o debate volta-se para Soluções Naturais para a Água.

→ Declaração Universal dos Direitos da Água

No dia 22 de março de 1992, a ONU divulgou um documento conhecido como “Declaração Universal dos Direitos da Água”. Nesse documento são apresentados pontos importantes sobre esse recurso hídrico, destacando sua importância e a necessidade de sua preservação. Veja a seguir os principais pontos dos dez artigos dessa declaração:

Art. 1º – A água faz parte do patrimônio do planeta.

Art. 2º – A água é a seiva do nosso planeta. Ela é a condição essencial de vida de todo ser vegetal, animal ou humano. Sem ela não poderíamos conceber como são a atmosfera, o clima, a vegetação, a cultura ou a agricultura.

Art. 3º – Os recursos naturais de transformação da água em água potável são lentos, frágeis e muito limitados.

Art. 4º – O equilíbrio e o futuro do nosso planeta dependem da preservação da água e de seus ciclos.

Art. 5º – A água não é somente uma herança dos nossos predecessores; ela é, sobretudo, um empréstimo aos nossos sucessores.

Art. 6º – A água não é uma doação gratuita da natureza; ela tem um valor econômico: precisa-se saber que ela é, algumas vezes, rara e dispendiosa e que pode muito bem escassear em qualquer região do mundo.

Art. 7º – A água não deve ser desperdiçada, nem poluída, nem envenenada.

Art. 8º – A utilização da água implica respeito à lei.

Art. 9º – A gestão da água impõe um equilíbrio entre os imperativos de sua proteção e as necessidades de ordem econômica, sanitária e social.

Art. 10º – O planejamento da gestão da água deve levar em conta a solidariedade e o consenso em razão de sua distribuição desigual sobre a Terra.

→ Dados importantes sobre a água no mundo

Cerca de 70% da superfície do nosso planeta é coberta por água.

97,5% da água do planeta é salgada e não pode ser usada para consumo humano.

Uma pessoa necessita de pelo menos 40 litros de água diariamente para fazer suas atividades, como beber, tomar banho e cozinhar.

Atualmente 768 milhões de pessoa no planeta não possuem acesso à água tratada.

2,5 milhões de pessoas não têm acesso a saneamento básico.

Anualmente mais de cinco milhões de pessoas morrem em consequência de doenças ligadas à falta de água potável e saneamento básico.

Segundo a ONU, em 2030, a população mundial necessitará de 40% a mais de água.

    Author: Redação

    Share This Post On

    Enviar um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *