Preservação do Patrimônio – 21ª edição

 

 

 

“Aquilo que se denomina Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (…) é o documento de identidade da nação brasileira. A subsistência desse patrimônio é que comprova, melhor do que qualquer outra coisa, nosso direito de propriedade sobre o território que habitamos.”

 

Rodrigo Melo Franco de Andrade

 

A 21ª edição do Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade – promovido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), órgão vinculado ao Ministério da Cultura – está com inscrições abertas até o dia 5 de maio. Podem participar empresas, instituições e pessoas, de todo o país, que procuram estimular e valorizar a preservação do patrimônio cultural brasileiro.

 

A premiação é composta de um troféu, um certificado e R$ 20 mil e contempla sete categorias: apoio institucional e financeiro, divulgação, educação patrimonial, inventário de acervos e pesquisa, preservação de bens móveis e imóveis, proteção do patrimônio natural e arqueológico, salvaguarda de bens de natureza imaterial.

 

Os candidatos devem apresentar as ações em forma de dossiê com no máximo duas páginas de 30 linhas (datilografado ou impresso em formato Word). Também é necessário reunir elementos iconográficos, audiovisuais ou qualquer outra espécie de material ilustrativo ou produto, que possibilitem a plena caracterização da atividade.

 

O edital e a ficha de inscrição com o detalhamento do Prêmio encontram-se no site do Iphan e também são disponibilizados nas Superintendências Regionais do órgão. As ações pré-selecionadas serão analisadas pela Comissão Nacional de Avaliação, formada pelo presidente do Iphan, por representantes de instituições do Governo Federal e de outras ligadas à preservação do patrimônio cultural.

 

O Prêmio – Foi criado em 1987 e assim denominado em homenagem ao primeiro dirigente do Iphan, Rodrigo Melo Franco de Andrade. Ele foi o organizador do Serviço do Patrimônio para que não fossem esquecidos aqueles que iniciaram a tarefa de proteger o patrimônio cultural do Brasil e que só o fizeram porque tinham idéias vanguardistas. A premiação tem procurado, nestes 21 anos, estimular e valorizar todos aqueles que atuam em favor da preservação do patrimônio cultural brasileiro.

 

A cerimônia de entrega das premiações acontecerá em Brasília, em data e local ainda a serem definidos. O anúncio dos nomes dos vencedores será divulgado no mês de julho.

16/03/08

    Author: Redação

    Share This Post On