São Paulo tem um novo Secretário

 

João Sayad

 

 

 

 

 

 

O governador eleito de São Paulo, José Serra (PSDB), confirmou ontem o economista João Sayad, 58, como novo secretário da Cultura. Ele substituirá o escritor e cineasta João Batista de Andrade.

 

“É bastante preparado, tem formação, e a área cultural vai ser um desafio para ele”, disse Serra, ao confirmar Sayad.

 

O indicado, é doutor em economia pela Universidade de Yale e professor da Faculdade de Economia e Administração da USP. Foi ministro do Planejamento no governo Sarney, secretário de Finanças de Marta Suplicy na prefeitura paulistana e secretário da Fazenda do Estado de São Paulo na gestão Montoro.

 

Sayad foi uma escolha pessoal de Serra, que havia apresentado uma lista de candidatos a pessoas de sua confiança na área cultural. Porém, faltava um acordo com o PPS, que detinha a pasta, e com o PTB, que perdeu a Secretaria do Trabalho para Guilherme Afif (PFL).

 

O ex-prefeito de Ourinhos Claury Alves da Silva deverá assumir a Secretaria de Esportes como cota do PTB. Serra se reunirá hoje com o ex-prefeito para formalizar o convite.

 

Filiado ao PTB, Claury tem laços com o tucanato: ocupou a liderança do governo na Assembléia Legislativa paulista na gestão Covas. Após longa negociação e garimpagem no partido, o presidente estadual do PTB, Campos Machado, indicou o ex-prefeito, sob a anuência do futuro secretário da Casa Civil, Aloysio Nunes Ferreira.

 

Dos principais cargos, resta a Serra definir os secretários da Habitação e dos Transportes e o presidente da Nossa Caixa.

 

Kassab

O prefeito Gilberto Kassab (PFL) nomeou ontem o ex-procurador do Estado Ricardo Dias Leme como novo titular da Secretaria dos Negócios Jurídicos. Leme era adjunto de Luiz Antonio Guimarães Marrey, que vai ocupar a Secretaria da Justiça do governo Serra.

 

Promotor desde 1986, Leme faz parte do grupo de Marrey, com que entrou junto na prefeitura quando Serra assumiu.

 

Kassab também trouxe para a prefeitura Luiz Fernando Wellisch, nome quase certo para a Secretaria de Finanças. Funcionário de carreira do Banco Central, ele será assessor do atual secretário, Mauro Ricardo Machado Costa, que também deixará o cargo e irá para a Secretaria do Planejamento de Serra.

    Author: Redação

    Share This Post On