Projeto Guri participa de conferência na África do Sul 2

 

 

 

O Projeto Guri foi a única instituição brasileira convidada a participar da 1° Conferência Orquestral da África do Sul, evento organizado pela WASBE SA (World Association for Symphonic Bands and Esembles South Africa). O evento será realizado na capital legislativa do país, a Cidade do Cabo, no Artscape Theatre Centre, entre os dias três e seis de agosto. A diretora artístico pedagógica da Associação Amigos do Projeto Guri, Nurimar Valsecchi, será a representante e porta-voz da entidade. A Associação é a organização social que administra o Projeto Guri, com sede na capital de São Paulo.

 

O convite partiu da WASBE, em função do sucesso do Guri no Brasil. O Projeto Guri há dez anos promove a inclusão social de crianças e adolescentes por meio do ensino da música. Atualmente, a organização atende cerca de 25 mil crianças. A África do Sul iniciou um projeto semelhante há pouco tempo e estão interessados neste intercâmbio, posto que a realidade do Brasil não difere muito da realidade sul-africana. O projeto da África é formado por uma orquestra com 40 alunos, todos crianças de baixa renda, mas ainda não foi batizado. Os instrumentos também são fornecidos pelo governo e o ensino é coletivo, pontos comuns com o Projeto Guri.

 

A WASBE é uma associação mundial de bandas sinfônicas, sem fins lucrativos, composta por músicos, maestros, professores, empresas e parceiros. Desde 1981, a organização vê na música um meio sério de expressão cultural. Formada por cerca de 1000 membros e organizações, a WASBE está presente em 50 países.

    Author: Redação

    Share This Post On