População pode assistir espetáculos do Fera

 

A professora Andréia Vasconcelos Farias, do Colégio Estadual Timbu Velho, de Campina Grande do Sul, que se apresentou durante a tarde desta sexta-feira (02) com o grupo “O Alto do Boi de Campina Grande do Sul”, reconhece a importância dos alunos vivenciarem essa experiência. “A arte só é aprendida se houver oportunidades como essa que o Fera está nos fornecendo”, afirmou Andréia.

No palco “Café Literário”, vários poemas sobre o Brasil foram apresentados pelas alunas Sandra Linhar (13), e Andressa Lima (16), ambas do Colégio Aníbal Curi, de Curitiba. Para Andressa, que começou a escrever e recitar suas poesias desde os 11 anos, o objetivo é crescer nessa atividade. “Muitos alunos têm talento e o Fera tem dado a oportunidade para aprendermos além de incentivar-nos a criar”, disse.

Educação Especial – A professora Waléria Schwartzbach, da Escola Especial Rosa Bine de Oliveira, que se apresentou com alunos com condições especiais, disse que essa oportunidade é importante por três motivos: estimula a formação artística, aumenta a auto-estima e “ajudar a criar um mercado de trabalho para eles, já que a sociedade costuma discriminá-los em outras áreas”, alegou. Já para Sidmar da Rosa, aluno da escola, a experiência de poder se apresentar para uma platéia tão grande é, em si, emocionante.

Serviço:
Confira a programação do Fera

Abertura – 1º de setembro
19 hrs: Abertura com Chico Cezar e Banda Fera

2 de setembro
17 hrs: Orquestra de acordeons
18 hrs: Grupo Força Break

3 de setembro
17 hrs: Irmãos Queirolo
18 hrs: receita do Samba

4 de setembro
17 hrs: Banda Zaius
18 hrs: Banda Zacks – Pifanóides

5 de setembro
17 hrs: Tribo da Folia e Flavinho e banda
18 hrs: Dinart: viola caipira

6 de setembro
9 hrs: Banda Fera
14 hrs: Resultado das oficinas; Orquestra Filarmônica Antoniense, Teatro “Os Ex-Kolhidos”
15 hrs: Banda Snatch
16 hrs: Banda Mimar Você
17 hrs: Banda Haully’s

7 de setembro
9 hrs: Desfile cívico com os participantes do Fera

Obs: As apresentações dos alunos serão realizadas durante toda a tarde, a partir das 14 horas, nos quatro palcos: Música, teatro, café literário e dança. São aproximadamente 90 apresentações diárias.

 

    Author: Redação

    Share This Post On