NHENGARÍ INAMI

 

 

 

 

 

O espetáculo Nhengarí Inami – A arte do poeta popular – é um show viabilizado por meio do projeto Música no Paiol, da Fundação Cultural de Curitiba.

A proposta para este evento musical, consiste na apresentação de uma pequena parte da vasta obra do pesquisador-folclorista-compositor paranaense, o professor Inami Custódio Pinto.

Criador de mais de 200 músicas (muitas delas já gravadas por nomes como Ary Fontoura, Odelair Rodrigues e Os Calouros do Ritmo), Inami também é responsável pelo registro e pela difusão das tradições folclóricas encontradas no Paraná.  “Só por esta razão, o compositor que é uma referência em estudos sobre o folclore no meio acadêmico e cultural merece ser reverenciado”, afirmam Lydio Roberto e Cris Lemos, idealizadores do projeto Nhengarí Inami – que em Tupi-Guarani significa – Cantar (Nhengarí) a água azul (Inami).

 

O show que acontece dias 17 e 18 de abril, às 21 horas no Teatro Paiol, tem classificação etária livre, e será marcado por releituras musicais de temas folclóricos colhidos pelo pesquisador e de canções autorais compostas ao longo de sua carreira. Ao som de violão, viola, rabeca, acordeom, contrabaixo, percussão e vozes, a música do poeta popular Inami Custódio Pinto ganhará de novo os ares de sua terra amada, o chão-Paraná.

Lydio Roberto que assina a direção musical do espetáculo propõe uma releitura elaborada desse cancioneiro; “são melodias que transitam entre o tradicional e o moderno sem preconceitos estéticos”.

O roteiro e a direção cênica estão sob a responsabilidade de Jacqueline Daher que afirma “ser um grande prazer essa revisitação de nossas tradições”.

O espetáculo conta com a participação especial dos músicos Ary Giordani e Du Gomide e tem como núcleo criativo dos arranjos Lydio Roberto, Ricardo Janoto (o Rosinha), Márcio Silva, Glauber Carvalho e Cris Lemos. A produção executiva e a assessoria de comunicação são de Kátia Fontoura.

Aos amantes da música e da cultura de raiz e, em especial, aos que não conhecem e ainda não vivem as belezas e curiosidades da cultura popular do Paraná: “ – este show é mais do que um grito da terra, é um momento de gratidão e reconhecimento aos feitos de Inami Custódio Pinto, filho de nossa terra, orgulho de nossa gente” – afirma Lydio Roberto.   

 

Inami Custódio Pinto

Na vida de  Inami Custódio Pinto, destaca-se seu amor e envolvimento com as culturas populares e com o folclore paranaense. Professor e pesquisador, Inami Custódio Pinto é curitibano, nascido em 1930. Seu nome, Inami, significa em tupi-guarani: “água azul”. Iniciou-se seus estudos em educação musical na sua infância e aliou esses conhecimentos ao seu interesse pela pesquisa folclórica. Fez suas primeiras pesquisas no litoral paranaense por meio de contato com pescadores e nativos das ilhas da região. Realizou os primeiros registros em áudio e vídeo do Fandango Paranaense e ampliou sua área de coleta de informações percorrendo as regiões de aldeamentos indígenas, e no convívio, ia gravando sons das línguas para estudar a variação de sons e significados entre os diversos grupos indígenas.

 

É considerado um pioneiro nos estudos de nossas raízes culturais e seus conhecimentos e capacidade profissional renderam-lhe reconhecimento nacional e internacional. Ministrou aulas da disciplina de Folclore na Faculdade de Educação Musical do Paraná, depois Faculdade de Artes do Paraná, realizou várias palestras, foi presidente da Primeira Jornada de debates sobre o Folclore Nacional, participou de vários projetos culturais do Estado do Paraná. Trabalhou no Museu Paranaense na elaboração do Catálogo Etnográfico Brasileiro e no Museu da Imagem e do Som, na organização da Divisão de Folclore e pesquisas Históricas.

Serviço: Nhengarí Inami – A Arte do Poeta Popular

Local: Teatro do Paiol. Pç Guido Viaro s/n – Prado Velho

Ingressos: R$ 15,00 e R$ 7,50

Dias 17 e 18 de abril

Hora: 21 horas

Contatos: Kátia Fontoura – (041) 99645432

pkproducoesculturais@gmail.com

Teatro Paiol: 41 3213 1340

Lydio Roberto é musicoterapeuta, produtor musical, compositor e músico brasileiro, natural de Curitiba, estado do Paraná, região sul do Brasil. Faz música sem preocupação estilística e acredita que no universo musical, das modas de viola à bossa nova, da música étnica ao jazz, da música vocal à instrumental, tudo é possível de ser apreciado e trabalhado. Contudo, a atual fase de produção do compositor tem como marca principal o tom regionalista, impresso com uma temática paranaense. Já dividiu palco com importantes nomes da música brasileira e paranaense como Leni Andrade, Elizeth Cardoso, Sivuca, Carlos Lyra, Zé Renato, Maurício Carrilho, João de Aquino, Zé Luiz Mazziotti, Rodolfo Stroeter, Leila Pinheiro, O Tao do Trio, Grupo Nymphas, Consuelo de Paula, Cris Lemos, Iso Fischer,Tato Fischer, Rogéria Holtz, Grupo Viola Quebrada, Rosy Greca e Hilton Barcellos. Entre seus parceiros musicais estão nomes de poetas como Cláudio Ribeiro, Etel Frota, Cristina Saraiva, Hardy Guedes, Fernando Pereira, Gerson Fiesbein. Lydio ainda é autor de vários livros e CDs na área educacional em parceria com Mara Fontoura da Gramofone Produtora Cultural.

Myspace do Lydio:http://www.myspace.com/413780291

    Author: Redação

    Share This Post On