Mercosul Cultural

 

 

A experiência brasileira na formulação e gestão de políticas públicas para as áreas de patrimônio cultural e museologia será partilhada com o Paraguai, por meio de dois projetos de cooperação firmados entre o Brasil e o país vizinho. Este é um dos principais resultados da reunião bilateral realizada hoje (dia 15 de junho), em Assunção (Paraguai), entre o MinC e a recém criada Secretaria Nacional de Cultura do Paraguai.

 

A reunião aconteceu em paralelo à reunião ordinária semestral do Mercosul Cultural — articulação que reúne os ministros da Cultura do bloco.

 

O secretário executivo do MinC, Juca Ferreira, que chefia a delegação brasileira e representa o ministro Gilberto Gil, destaca a importância da cooperação entre o Brasil e o Paraguai. Por essas parcerias, o Ministério da Cultura vai oferecer apoio tecnológico e de capacitação, com o apoio da Agência Brasileira de Cooperação, do Ministério das Relações Exteriores.

 

A política para promoção da diversidade e das identidades culturais também será partilhada com o Paraguai, que busca construir uma instituição governamental específica para atuar nesta área. Projetos de capacitação e transferência de tecnologia estão em negociação entre os dois países, como resultado de uma missão técnica brasileira realizada recentemente àquele país.

 

Na noite desta sexta-feira, o secretário executivo do MinC acompanhará, como convidado, a reunião da AR-PA, articulação bilateral que reúne a Argentina e o Paraguai.

 

Candidatura Brasileira

Começa nesta segunda-feira, em Paris, a reunião dos países signatários Convenção da Unesco sobre a Proteção e Promoção das Expressões Culturais (Convenção da Diversidade Cultural). Durante a reunião, serão eleitos os 24 países que integrarão o Comitê Intergovenamental da convenção. “O Brasil é candidato e já contamos com apoios importantes. É um reconhecimento ao papel que o nosso país desempenhou na construção e aprovação da convenção”, avalia o secretário executivo do MinC, que chefiará a delegação brasileira no evento.

 

A Convenção da Diversidade está em vigor desde 18 de março deste ano depois de ser ratificada por mais de 50 países, entre eles o Brasil. O texto reafirma a soberania dos Estados para elaborar políticas destinadas a “proteger e promover a diversidade das expressões culturais”.

18/06/07

    Author: Redação

    Share This Post On