MERCADO FONOGRÁFICO BRASILEIRO

 

 

 

Pela primeira vez a ABPD divulga os números oficiais de vendas digitais no País: Receitas de comercialização de música através da telefonia móvel cresceram 127%, enquanto aquelas provenientes da Internet aumentaram 1.619%.

 

O mercado brasileiro de música movimentou em 2007, com as vendas de CDs, DVDs e receitas decorrentes do mercado digital, cerca de R$ 337 milhões, valores reportados pelas maiores companhias fonográficas operando no País à Associação Brasileira dos Produtores de Discos – ABPD. Em 2007, das vendas físicas totais (CDs e DVDs) de música no Brasil, 77% foram vendas de música brasileira.

 

As vendas de CDs e DVDs movimentaram em 2007 R$ 312,5 milhões, o que representou uma redução no faturamento líquido (vendas menos devoluções) das companhias que reportam estatísticas para a ABPD, de 31,2% em comparação ao ano de 2006, quando o setor fonográfico movimentou R$ 454,2 milhões. Já em unidades vendidas, este percentual foi menor, exatos 17,2% a menos em relação a 2006, com um total de cerca de 31,3 milhões de unidades em 2007.

 

No segmento digital, que tem seu balanço de vendas divulgado pela primeira vez pela ABPD, foram registrados R$ 24,5 milhões de movimentação no setor, o que já representa 8% do mercado total de música no Brasil. Do total das vendas digitais brasileiras, 24% representaram receitas advindas da Internet (R$ 5,74 milhões) e 76% vendas de música digital via telefonia móvel (R$ 18,54 milhões). Em 2006, a participação entre as áreas do mercado digital era muito mais concentrada na telefonia móvel, que detinha 96% das receitas, ficando os restantes 4% com as vendas através de Internet.

 

http://www.musicnews.art.br

    Author: Redação

    Share This Post On