Mercado de Livros terá Linha de Crédito Especial

Foi lançado oficialmente neste mes de maio, o Pró-livro, programa de crédito especial para empresas do setor —editoras, livrarias e gráficas. Os recursos virão do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), que realiza o programa junto com o Ministério da Cultura. O banco oferecerá taxas de juros abaixo do mercado (veja detalhes abaixo) e financiará os planos editoriais que tenham um mínimo de cinco obras com tiragem de pelo menos 3 mil exemplares por título. Os empréstimos poderão ser utilizados para custear a tradução, versão, revisão, impressão, produção em meios como livros em braile, áudio-livro e CD-Rom e até para a aquisição de direitos autorais de escritores residentes no país.

O BNDES também disponibilizará aos interessados o livro “A Economia da Cadeia Produtiva do Livro” – em versão impressa e em e-book – com os estudos sobre o mercado editorial brasileiro encomendado pelo banco aos pesquisadores George Kornis, da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), e Fábio Sá Earp, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Tanto a pesquisa quanto o programa de financiamento ao livro vão integrar o Plano Nacional do Livro e Leitura (PNLL), que está sendo elaborado pelo Ministério da Cultura e que terá a participação de outros 13 ministérios, além de empresas estatais, institutos e fundações federais. Detalhes do programa podem ser encontrados nos sites www.bndes.gov.br e www.vivaleitura.com.br .

Conheça os principais pontos do Pró-livro

– Taxas de juros entre 1% e 4% ao ano
– Redução de R$ 10 milhões para R$ 1 milhão do valor mínimo do projeto de investimento
– Banco financiará 80% dos projetos de investimentos de editoras, livrarias e gráficas
– Cartão BNDES permitirá compra de papel para edição de livros
– Livrarias e outras empresas poderão adquirir equipamento por meio do Cartão BNDES, com juro em torno de 1,4% ao mês (taxa de março)

    Author: Redação

    Share This Post On