Livro didático público – PR

 

 

O ministro da Educação, Fernando Haddad, o governador Roberto Requião e o secretário Maurício Requião em Curitiba, as primeiras edições do programa Livro Didático Público do Paraná, de autoria de professores paranaenses. O lançamento representa a entrega oficial de mais de 5,4 milhões livros gratuitos aos alunos da rede pública de educação que freqüentam o ensino médio. O Paraná é o primeiro Estado do país a implantar o programa para alunos do ensino médio, que ao contrário dos estudantes do ensino fundamental ainda não tinham livro didático. O material também estará disponível na internet para todo Brasil.

Haddad elogiou a iniciativa. “Esta é a primeira iniciativa brasileira preocupada em criar e disponibilizar ao domínio público um material didático como os livros didáticos do Paraná”, afirmou. O ministro destacou que esta é uma iniciativa pioneira na socialização de material didático. “O Paraná sai na frente com uma belíssima coleção, que tem como autores os professores da rede pública. Esta coleção pode ser aproveitada não apenas nos demais Estados da Federação, como também nos demais países que tem como língua oficial o português”, avaliou.

O governador Roberto Requião disse que esta iniciativa demonstra mais uma vez a posição de vanguarda do Estado em relação à Educação. “Os livros podem ser acessados pela internet e reproduzidos por quem se interessar. São livros feitos para toda a sociedade da língua portuguesa”, destacou. “O livro não é imposto nas escolas, mas é uma ferramenta que pode ser melhorada a cada edição e que está dando mais qualidade ainda ao ensino público do Estado”.

Para o secretário da Educação, Mauricio Requião, confeccionar os livros foi uma atitude ousada, que demonstra a postura deste governo com relação ao conhecimento. “Possibilitamos o acesso ao conhecimento sem trata-lo como uma simples e banal mercadoria, pois o conhecimento não pode estar sujeito às mesmas regras de mercado que distribuem mercadorias em uma feira”, exemplificou.

Para Maurício Requião, mais do que um grande investimento em educação, os livros didáticos representam uma verdadeira perspectiva de melhora na qualidade do ensino público no Paraná. “A oferta de livros didáticos, agora para todo o ensino – fundamental e médio – é algo que tem sido comemorado por muitos educadores”, analisou ainda o secretário da Educação.

Até então, lembrou Maurício, “o ensino médio era o período no qual os estudantes eram obrigados a comprar, xerocar ou, nas piores vezes, copiar do quadro negro, pois este era o único material para o estudo posterior”.

O secretário disse ainda que o livro representa, nesta etapa, o trabalho árduo de quem foi contra os interesses de mercado e das grandes editoras do país. “O trabalho é de 62 professores da rede pública de educação, autores dos livros das 12 disciplinas e ainda dos 13 professores do ensino superior que participaram como consultores”, explicou.

O programa produz e distribui gratuitamente livros didáticos de todas as disciplinas do ensino médio: Língua Portuguesa e Literatura, Matemática, História, Filosofia, Química, Biologia, Sociologia, Física, Geografia, Arte, Língua Estrangeira Moderna (Espanhol/Inglês) e Educação Física.

TV Paulo Freire – Durante visita ao Paraná, para o lançamento do Livro Didático Público, o ministro da Educação Fernando Haddad também visitou as instalações da Televisão Paulo Freire – que produz e disponibiliza conteúdos em sinal via satélite para todas as escolas estaduais do Paraná.

“Um dos grandes desafios que o país tem pela frente é a produção de conteúdo e aqui já tem uma ilha de produção que vem a somar com as outras como a da TV Escola, desenvolvida pelo Governo Federal”, disse. “Algo interessante que vi aqui no Paraná é a universalização do sinal da televisão a todas as escolas estaduais”.

    Author: Redação

    Share This Post On