Lançamento do programa TV Fera

 

 

 

Requião assistiu os três primeiros programas, que terão duração de 5 minutos e serão veiculados de segunda a sexta-feira pela TV Educativa, às 19h. “Esta é a primeira experiência da Secretaria na produção de um programa de televisão e pretendemos resgatar a união entre a arte e a educação, que foi abolida da ditadura militar como forma de evitar a reflexão”, sintetizou o secretário da Educação, Maurício Requião.

O secretário informou que a primeira série de 40 programas já está pronta e adiantou que o projeto antecede um telecurso de português e espanhol, que será transmitido em parceria com a Telesul, consórcio estatal sediado na Venezuela.

A programação de cultura e educação será captada por todas as escolas paranaenses que receberam parabólicas, vídeo cassetes e DVDs. “É a continuação do primeiro programa do Brasil de compra de antenas parabólicas em larga escala, iniciado na primeira gestão de Requião. Todas as escolas da rede pública devem receber, dentro de 60 dias, o nosso sinal específico para educação e cultura”, pontuou o secretário. “Teremos um canal gravando conferências e trazendo os melhores pedagogos para nossos professores”, acrescentou o governador.

Requião ressaltou ainda que o projeto pode receber, em breve, a contribuição da Escola Superior Sul-Americana de Cinema e Tevê (CINETVPR), criada pelo Governo do Estado e inaugurada na última segunda-feira, durante a abertura da I Mostra Contemporânea de Cinema Brasileiro e Latino. O lançamento do TV Fera contou também com a participação dos secretários da Ciência e Tecnologia, Aldair Rizzi; de Assuntos Estratégicos, Nizan Pereira; do diretor da Paraná Esportes, Ricardo Gomyde e de diretores da Secretaria da Educação.

 

 

Requião assistiu os três primeiros programas, que terão duração de 5 minutos e serão veiculados de segunda a sexta-feira pela TV Educativa, às 19h. “Esta é a primeira experiência da Secretaria na produção de um programa de televisão e pretendemos resgatar a união entre a arte e a educação, que foi abolida da ditadura militar como forma de evitar a reflexão”, sintetizou o secretário da Educação, Maurício Requião.

O secretário informou que a primeira série de 40 programas já está pronta e adiantou que o projeto antecede um telecurso de português e espanhol, que será transmitido em parceria com a Telesul, consórcio estatal sediado na Venezuela.

A programação de cultura e educação será captada por todas as escolas paranaenses que receberam parabólicas, vídeo cassetes e DVDs. “É a continuação do primeiro programa do Brasil de compra de antenas parabólicas em larga escala, iniciado na primeira gestão de Requião. Todas as escolas da rede pública devem receber, dentro de 60 dias, o nosso sinal específico para educação e cultura”, pontuou o secretário. “Teremos um canal gravando conferências e trazendo os melhores pedagogos para nossos professores”, acrescentou o governador.

Requião ressaltou ainda que o projeto pode receber, em breve, a contribuição da Escola Superior Sul-Americana de Cinema e Tevê (CINETVPR), criada pelo Governo do Estado e inaugurada na última segunda-feira, durante a abertura da I Mostra Contemporânea de Cinema Brasileiro e Latino. O lançamento do TV Fera contou também com a participação dos secretários da Ciência e Tecnologia, Aldair Rizzi; de Assuntos Estratégicos, Nizan Pereira; do diretor da Paraná Esportes, Ricardo Gomyde e de diretores da Secretaria da Educação.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

    Author: Redação

    Share This Post On