Importância da Leitura

 

 

Gabriel Perissé e Jonas Ribeiro apontaram a importância da leitura para que os professores aprendam a ser observadores ativos do que acontece no mundo

As atividades paralelas da Bienal do Livro de São Paulo trazem temas pertinentes para a cultura. Neste domingo, o Fala, Professor! recebeu os autores e professores Gabriel Perissé e Jonas Ribeiro para uma mesa redonda intitulada “Ler ainda está na moda”.
Doutor em filosofia da educação, autor de dez livros, Gabriel Perissé começou o debate levantando a seguinte questão:”Será que a leitura já esteve na moda?”. Segundo ele, o que existe são modas de leituras, mas a leitura como hábito nunca esteve na moda. “Mesmo os professores não são fanáticos por leitura. Mais de 60% deles não costuma ler cotidianamente. É importante que os educadores leiam, inclusive ficção, pois a literatura desperta a linguagem e a criatividade”, ressaltou.
Leitor e escritor compulsivo – tem 52 obras publicadas, a maioria voltada para o público infanto-juvenil –, Jonas Ribeiro apontou a relevância da leitura na vida de qualquer pessoa. “Para obter uma vida mais qualitativa, o cidadão precisa se ancorar na leitura. Por meio da leitura a pessoa pode observar a si própria. As personagens nos induzem a refletir e cada livro lido altera nossa história e a cadeia de obras conhecidas”, explicou Ribeiro.
Num cenário em que os brasileiros lêem apenas 1,8 livro por ano, quando a média mundial recomendada pela Unesco é de 28 obras no período, os palestrantes acreditam que uma das soluções para o analfabetismo cultural esteja nos professores. “Eles precisam ser incentivados a fazer uma nova universidade, a da leitura”, concluiu Gabriel.

    Author: Redação

    Share This Post On