Gramado Anuncia os Filmes da Competição

 

“Carreiras”, de Domingos Oliveira; “”Diário de um Novo Mundo”, de Paulo Nascimento; “”Cafundó”, de Clóvis Bueno e Paulo Betty (em sua estréia na direção); “Sal de Prata”, de Carlos Gerbase; e “O Cerro do Jarau”, de Beto Souza, são os longas-metragens que estarão na competição nacional do 33º Festival de Gramado-Cinema Brasileiro e Latino, que acontece de 15 a 20 de agosto.

O anúncio dos filmes que participarão da mostra competitiva foi feito ontem. O cineasta Hector Babenco e os atores Tarcísio Meira e Glória Menezes serão os homenageados desta edição.

Até o próximo dia 11, serão divulgados mais um longa brasileiro e outros dois latinos que completarão a mostra competitiva.

Os longas latinos já selecionados para a competição são “Punto y Raya”, da venezuelana Elia Scheneider; “Kiss Me”, do português António da Cunha Teles; “Buenos Aires 100 km”, do argentino Pablo José Meza; “Roble de Olor”, do cubano Rigoberto López; e “Un Dia sin Mexicanos”, do mexicano Sergio Arau.

A mostra está dividida nas categorias longa-metragem de ficção (brasileiros e latinos); documentários brasileiros em longa-metragem; curtas brasileiros em 35 mm; curtas e médias-metragens brasileiros em 16 mm; e Mostra Gaúcha (curta-metragens e média-metraproduzidos no Rio Grande do Sul).

Na categoria documentário, foram selecionados quatro filmes brasileiros. Em curta e média-metragem, dos 151 filmes inscritos, 24 foram escolhidos pela comissão de seleção, sendo 12 filmes em 35 mm e 12 em 16 mm. A Mostra Gaúcha terá nove filmes.

“Carreiras” conta a história da âncora de televisão Ana Laura, que perdeu posição na emissora em que trabalha.

“Diário de um Novo Mundo”, que tem no elenco Edson Celulari, Marcos Paulo e Daniela Escobar, mostra um navio cruzando o Atlântico, em 1752, e o sofrimento dos passageiros, mesclando história e romance.

“Cafundó” é inspirado em um personagem real saído das senzalas do século 19, que se torna uma espécie de curandeiro, depois conhecido como o preto velho João de Camargo.

“Sal de Prata” conta a história de uma mulher bem-sucedida, que lê roteiros de seu namorado, cineasta fracassado que acabara de morrer. Incapaz de distinguir ficção e realidade, decide conhecer melhor o mundo do cinema. “O Cerro do Jarau” é um thriller que trata da história de três primos criados na fronteira do Brasil com o Uruguai e a Argentina, onde existe uma lenda e muitos mistérios, e depois se separam e voltam a se encontrar.

    Author: Redação

    Share This Post On