Fundo Único para Audiovisual.

 

 

 

 

O Ministério da Cultura e a Ancine trabalham, discretamente, para a criação de um fundo único para a produção audiovisual. Seria um fundo que agregaria não só os recursos da Condecine, mas também mais recursos orçamentários que estão sendo negociados com outras áreas do governo. A reportagem não ouviu nada sobre eventuais taxas dos atuais players do mercado. Se realmente não houver nada neste sentido, as chances do projeto ir adiante são maiores, como mostram exemplos do passado. Este fundo, administrado provavelmente pela Ancine, também não envolve os recursos vindos hoje de incentivo ou renúncia fiscal. É este, aliás, o projeto que mais motiva o Ministério da Cultura, já que a questão da Ancinav dificilmente voltará a andar este ano, assim como a Lei de Comunicação Social. Há quem busque dividir o fundo em dois, para a produção comercial e para a produção experimental, idéia que não agrada ao MinC. A negociação é mais dura, naturalmente, com o Ministério da Fazenda, que zela pelos recursos da União e não costuma facilitar.

 

 

 

 

 

 

    Author: Redação

    Share This Post On