Funarte anuncia 55 grupos de teatro e de dança contemplados com prêmio

 

 

A Funarte anunciou os 55 grupos teatrais vencedores do Prêmio Myriam Muniz em São Paulo e no Rio e as 28 companhias de dança contempladas com o Prêmio Klauss Vianna nos mesmos Estados. Dos R$ 13 milhões destinados pela Funarte e pela Petrobras a esses programas de patrocínio, R$ 7,1 milhões ficaram com projetos de São Paulo e do Rio: R$ 4,9 milhões para o teatro -com dotações de R$ 50 mil, R$ 80 mil, R$ 100 mil e R$ 200 mil- e R$ 2,2 milhões para a dança (verbas de R$ 50 mil e R$ 150 mil). Dezoito dos projetos de São Paulo que foram aprovados são ligados à Cooperativa Paulista de Teatro, associação que une dezenas de grupos. A Companhia do Latão, com a comemoração de seus dez anos, e o Núcleo Filhos de Almodóvar, com “Sirimim”, são dois dos contemplados.

Na lista dos espetáculos que receberão a maior verba do prêmio, R$ 200 mil, estão “Shakespeare e o Admirável Mundo Novo”, de Renato Borghi, “A Louca de Chaillot”, estrelado por Cleyde Yáconis, “Cauby! Cauby!”, musical com Diogo Vilela como Cauby Peixoto, e “A Mentira”, romance de Nelson Rodrigues adaptado por Caco Coelho.

O projeto “Encontro com Fernanda”, em que Fernanda Montenegro lê textos e conversa com o público, é outro dos aprovados. A companhia Armazém, paranaense radicada no Rio, teve escolhido o seu “O Púcaro Búlgaro”, baseado no romance de Campos de Carvalho.

Também já foram anunciados os vencedores do Nordeste. Os das outras regiões do Brasil ainda não têm data para serem conhecidos. Mais informações no site www.funarte.gov.br.

    Author: Redação

    Share This Post On