Festa do Peão de Barretos (SP) busca resgatar cultura caipira

A 57ª edição da Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos (423 km de São Paulo), a mais tradicional do gênero no país, começa na próxima quinta-feira (9) com o objetivo de resgatar a cultura caipira, os costumes do campo e os hábitos do sertanejo.

 

Criticada, inclusive em estudo acadêmico, por “americanizar” o rodeio nas vestimentas e em shows, a festa vai reformular o Rancho do Peãozinho, espaço exclusivo para crianças que traz, em seu novo projeto, reflexão sobre o meio ambiente e a cultura de raiz.

 

“Não podemos deixar de lado a origem e a essência do evento. A cultura caipira deve ser enaltecida. A festa não é só show e rodeio. Temos a preocupação de valorizar, cada vez mais, a nossa cultura”, afirmou Hugo Resende Filho, presidente do Os Independentes, associação que promove o evento.

 

Outra tentativa de resgate da cultura pode ser verificada na música. A nova geração sertaneja fará uma homenagem aos ícones da música de raiz Tonico e Tinoco.

 

Dissertação de mestrado do geógrafo Magno de Lara Madeira Filho, defendido na Unesp de Rio Claro, mostra que temas como a cultura sertaneja estão sendo cada vez mais deixados de lado nas grandes festas.

 

O objetivo foi analisar a geografia do comércio e do consumo e entender como a festa, em sua concepção, virou um aglomerado de marcas e com espaço reduzido para as tradições. A organização da festa refutou o estudo.

 

As novas atrações se somam aos tradicionais concurso de berrante e Queima do Alho –culinária típica dos peões nas estradas boiadeiras.

 

Nas arenas, a novidade neste ano é o formato do Barretos International Rodeo. A disputa será entre Estados do Brasil, do México, do Canadá e dos EUA, e não somente entre peões, como aconteceu até o ano passado.

 

Já a polêmica prova do bulldog –em que o peão tem de derrubar um bezerro com as mãos– ainda não está confirmada para este ano.

 

Em 2011, um bezerro teve de ser retirado da arena carregado depois de participar da prova. Exames mostraram que ele sofreu lesão nas vértebras, o que o deixou tetraplégico –por isso, foi morto.

 

Author: Redação

Share This Post On

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *