Escola Viva é Lançada

 

 

Quinta ação do Programa Cultura Viva, do Ministério da Cultura, a ação Escola Viva foi lançada, oficialmente, com a publicação do edital do Prêmio Escola Viva no Diário Oficial da União desta segunda-feira (21). O principal objetivo da ação é estimular práticas culturais e educacionais desenvolvidas nos Pontos de Cultura, Pontões, Redes de Pontos ou organizações em conjunto com instituições educacionais formais (escolas públicas) e não formais (museus, bibliotecas, Pontos, entre outros), convidadas a participar do Prêmio Escola Viva, atividade integrante da Ação Escola Viva.

 

O Prêmio Escola Viva está, ainda, diretamente ligado à segunda edição do Prêmio Cultura Viva, desenvolvido pela Secretaria de Programas e Projetos Culturais (SPPC/MinC), com coordenação técnica do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec), apoio do Canal Futura e patrocínio da Petrobras. O Prêmio Cultura Viva e o Prêmio Escola Viva são iniciativas que têm um trabalho em comum, porém são diferentes. “O Prêmio Escola Viva tem proximidade com o Prêmio Cultura Viva, mas esse é mais amplo, vai além dos Pontos de Cultura. A Ação Escola Viva é dirigida especificamente aos Pontos. O que pretendemos é incentivar o maior número de Pontos a desenvolver projetos em conjuntos com a escola”, explica Célio Turino, secretário de Programas e Projetos Culturais do MinC.

 

Dividida em seis categorias, de acordo com a natureza do proponente – Escola Pública de Ensino Médio; Fundação e Instituição Empresarial; Gestor Público; Grupo Informal; Organização da Sociedade Civil; Ponto de Cultura – o Prêmio Cultura Viva irá selecionar as 200 iniciativas melhor avaliadas na categoria “Pontos de Cultura”, que estarão automaticamente participando do Prêmio Escola Viva. As 60 melhores iniciativas irão receber o prêmio de R$ 15 mil. Para participar do Prêmio Escola Viva os interessados deverão, obrigatoriamente, inscrever-se na 2ª edição do Prêmio Cultura Viva. Regulamento, ficha de inscrição e informações, no site.

 

Educação e cultura caminhando juntas

Na cerimônia de lançamento do Prêmio Cultura Viva, em Porto Alegre (RS), o ministro da Cultura, Gilberto Gil, destacou a importância de aproximar a cultura da educação, e a educação da cultura. “O que qualifica a educação é compreender que esse é um processo permanente e duradouro, que só se faz com a cultura. A qualificação da educação vem pela cultura, e a maior qualificação da cultura vem pela educação”, declarou o ministro Gilberto Gil.

 

Segundo Célio Turino, a realização do Prêmio Escola Viva é uma forma de incentivar as ações que ligam educação e cultura dentro dos Pontos de Cultura. “Preferimos estabelecer um formato de prêmio, e não de conveniamento, por que a primeira opção oferece menos burocracia para o repasse de recursos. Os Pontos serão selecionados não por um projeto, mas por uma iniciativa que já é realizada por eles”, explica Turino.

 

Além de incentivar ações que trabalham a educação e a cultura em conjunto, a premiação também visa estimular a interação entre os Pontos, conforme explica Chico Simões, coordenador do Pontão Escola Viva, parceiro da Ação Escola Viva. “O prêmio é um estímulo para que os esses Pontos estabeleçam, entre si, uma rede de comunicação, de trocas de idéias e experiências”, destaca Simões.

 

O coordenador da Ação Escola Viva, Elisiário Palermo, lembrou da importância da escola na formação de crianças e jovens. “O objetivo da ação é aproximar as iniciativas dos Pontos de Cultura às escolas públicas, espaços formais de educação, e aos espaços não formais, como museus, bibliotecas e praças, entre outros”, ressaltou Elisiário Palermo.

23/05/07

    Author: Redação

    Share This Post On