Cariocas Predominam na Segunda Eliminatória

 

 

Vozes masculinas e cariocas predominam na segunda eliminatória do 8º Prêmio Visa de Música Brasileira – Edição Vocal,  no Espaço Promon, com realização da Rádio Eldorado. O sexteto BR6, formado por seis cantores e uma cantora, abre a noite, que terá também seus conterrâneos Dudu Salinas e Regina Machado. A exceção é a mineira Consuelo de Paula.

Com o propósito de fazer música sem acompanhamento instrumental, o BR6 lançou seu primeiro álbum no ano passado. As canções que vão interpretar no Visa são desse CD. São elas Falso Milagre do Amor (Ed Motta/Ronaldo Bastos), Linha de Passe (João Bosco/Aldir Blanc), Disfarça e Chora (Cartola/Dalmo Castelli) e Wave (Tom Jobim).

A segunda atração, Consuelo de Paula, é também compositora, toca violão e percussão. Seu trabalho tem influência da música e das festas folclóricas, principalmente das congadas, das quais participava desde menina em sua cidade natal, Patápolis. No ano passado, Consuelo concluiu com o disco Dança das Rosas a trilogia iniciada em 1998 com Samba, Seresta e Baião e que prosseguiu com Tambor e Flor (2002). Destes três CDs ela extraiu as canções que vai mostrar hoje: Lua Branca (Chiquinha Gonzaga), Dança para Um Poema (Rubens Nogueira/Consuelo de Paula), Na Pancada do Ganzá (Antônio Nóbrega/Wilson Freire) e Folia (Lourenço Baeta/Xico Chaves).

Dudu Salinas, que já concorreu ao Visa em 1999, é também violonista e compositor e define seu estilo como afro-pop. Tem influências de João Bosco, Naná Vasconcelos, George Benson, da música negra americana, especialmente o funk dos anos 70, e dos afro-sambas. Ele já cantou em coral, fez trilhas para teatro e lançou o CD Djembe em 2001. Sua apresentação terá Sampa (Caetano Veloso), Asa (Djavan), Quando o Samba Acabou (Noel Rosa) e Saigon (Carlão/Cláudio Cartier/Paulo Feital).

Graduada em música pela Unicamp, Regina Machado desenvolve carreira de cantora, compositora e instrumentista desde 1982 e busca nova estética para a canção romântica. Com Ítalo Peron (violão) e Mário Manga (violão e cello), vai cantar Meia-Noite (Edu Lobo/C.Buarque), Rio de Janeiro (Regina Machado) e Fora da Ordem (Caetano), que gravou em seu segundo CD, Pulsar (2004), além de Uma Menina (C.Buarque), registrada no álbum Sobre a Paixão (2000).

    Author: Redação

    Share This Post On